Mental coaching, Hipnose e o apavoro do São Paulo Mets

E aí galera, correria máxima aqui!

Afinal de contas a viagem para New Jersey está se aproximando, pela primeira vez na minha carreira embarco para Atlantic City, no evento de inauguração do PokerStars Festival na terra do Tio Sam. Todos estão muito ansiosos com isto, a adrenalina da estréia de uma das que promete ser das maiores séries de torneios de poker do planeta sempre dá um frio na barriga.
Enfim, vai seguindo no snapchat, facebook e youtube que irei contando como as coisas estarão por lá a partir do dia 28 próximo.

Agora vamos falar de algo técnico!

Voltando de Deland nos Estados Unidos onde fui fazer o curso de hipnose ainda não tive a chance de contar para vocês em detalhes como foram as minhas experiências. Não tenho muito como descreve-las para vocês aqui no blog infelizmente, elas são dinâmicas e visuais demais mas tenho como tentar dividir por aqui o quão chocante e quão revelador ela foi para mim sobre o funcionamento da mente humana e como podemos aprender a controla-la para gerar benefícios para a nossa vida como um todo.

O funcionamento da mente é algo incrível, e quanto mais eu me aprofundo nesta questão mais excitado eu fico. Uma mente focada, potencializada é de um poder que eu honestamente desconhecia. Tive experiências em Deland que eu jamais poderia imaginar. Vi mentes de pessoas focadas entrando em processo de implante dentário sem anestesia, vi cesárias sendo feitas em pacientes cantando Frank Sinatra sem anestesia, vi jogadores de basquetes aumentando suas médias de ponto por partida de 29 para 41, vi com meus próprios olhos animais no centro da sala onde nada existia, não tem como dividir tudo com vocês, foram dezenas e dezenas de experiências fabulosas.

A semana em Deland serviu para mim para muitas coisas na prática e conceitualmente. Uma das mais importantes foi para perceber qual a era que estamos começando neste momento, uma era focada em estudos do desenvolvimento mental, das suas capacidades e de como vamos tirar proveito de termos uma mente mais focada e relaxada.

Aprendi neste curso que o segredo é o foco, relaxamento e concentração. Uma mente relaxada e focada pode fazer coisas impressionantes, pode triplicar seu potencial.

O curso me formou hipnológo e como sou metido demais nas coisas assim que cheguei no Brasil já comecei a fazer meus testes. Nas primeiras tentativas já tive não somente sucesso como fiquei assustado o quão poderosa esta ferramenta era. Minha primeira tentativa foi em casa, com a minha familia. A coisa foi tão efetiva em tom de brincadeira que o assunto perdura até hoje por aqui, todos os dias tenho que fazer demonstrações para as filhas, esposa, amigos. Esquecer nome, ficar preso na cadeira, sumir com uma pessoa do raio de visão, sentir cheiros, estas são as coisas mais usuais, mais simples, tanto é que no próprio curso isto demora menos de 3 horas para ser ensinado. Partindo do princípio que fiquei lá 7 dias 12 horas por dia você imagina o quão profundo não foi o aprendizado.

Minha prioridade não tinha nada a ver com hipnose de palco, e sim com a alta performance esportiva que podemos alcançar com o foco e relaxamento mental. Jordan utilizou-se desta ferramenta, Kobe Bryan também, um dos maiores praticantes deste método foi e ainda é Tiger Woods. No curso pode entender quais eram os processos que eles se utilizavam, e foi fantástico galera.

Depois de voltar de Deland, tive a primeira grande oportunidade pós curso de colocar em prática isto que estes monstros do esporte fizeram, ahhh e esqueci de dizer, Fedor Holz né, praticante máximo que me levou a procurar este curso também entra nesta lista acima. É claro que ele não tem o mesmo peso de Jordan nem Woods, mas para a minha profissão é ainda mais importante. Bom, minha primeira oportunidade foi no BSOP Balneário. Antes de entrar em campo fiz todas as rotinas de auto-hipnose, e dos 600 e poucos participantes do evento acabei em trigésimo alguma coisa, jogando sinceramente o melhor poker que já joguei na vida. Nada me tirou do centro, não mexi no celular durante todo o evento, não conversei com ninguém que não fizesse sentido técnico, não tirei o olho de nenhum oponente, foi inacreditável. Errei muito pouco ou quase nada e acabei caindo porque em torneios de poker mesmo sem errar você caí.

Este tipo de estado vai me fazer ganhar tudo? ë óbvio que não! Este tipo de estado vai me trazer mais conhecimento do que o que eu tenho acumulado? Também não, mas vai me fazer jogar o melhor que eu puder jogar. Dificilmente terei os resultados do Fedor, simplesmente porque ele é melhor que eu, mas posso ser um melhor Akkari e esta é a minha busca. Jogar melhor, errar menos, potencializar minha mente dentro de um esporte mental.

Meus planos com a hipnose são muitos e todos eles envolvem potencializar mentes, mentes do Akkari Team, mentes das pessoas que eu gosto, seja lá de quem eu puder ajudar. Não tenho planos de ser hipnólogo pelo menos não enquanto prático poker de forma profissional e tenho planos de fazer isto pelos próximos 10 anos, mas quero expandir esta experiência para outros atletas do poker e parar outros atletas de outros esportes.
Outro grande objetivo que me excita é poder levar a hipnose em minhas conversas, cursos e palestras para mais pessoas. Todo mundo deveria estar sendo beneficiado disto, empresários, funcionários, atletas, jovens, crianças, idosos, todos deveriam serem possuidores destas ferramentas. Acho que posso através de um alcance público que consegui dentro do meu esporte levar isto para mais gente. Se eu conseguir ajudar mais pessoas minha missão estará sendo cumprida. Comecei por amigos e familia, e deu certo!

Depois do BSOP tive minhas duas primeiras apresentações lúdicas de hipnose, a primeira no curso do QG onde prontamente instaurei um módulo de mental coaching, todos que farão o curso mensal agora serão servidos disto. O sucesso foi impressionante, 100% de aproveitamento, fizemos os exercícios com 3 alunos e todos os outros assistindo ficaram boquiabertos, na verdade não com o meu poder de hipnotizar, mas sim com o poder da mente dos alunos.  Logo em seguida fui para a Unicamp na aula de poker do meu grande amigo Torrezam, e novamente foi uma outra experiência bem legal, de 5 alunos dos 100 e poucos que por lá estavam dois deles foram sucesso total, foi muito bacana.

Todas as mentes podem ser hipnotizadas e na verdade, todos nós somos hipnotizados todos os dias em diversas situações, apenas não sabemos detectar isto ou nos falta conhecimento técnico. Para ser hipnotizado bastam duas coisas, você querer e você relaxar. Entretanto, o preconceito e o medo são os dois fatores que mais afastam as pessoas destas experiências que poderiam lhe render vários frutos. A hipnose é um estado natural da mente, você não vai para nenhum lugar, você não faz nada que não queira fazer, você não tem o perigo de ficar em transe para sempre. Voce fica consciente, você ouve, interage e sai daquele estado no momento que quiser, entretanto, se você estiver relaxado o suficiente abrem-se as portas do seu subconsciente lhe permitindo entregar sugestões, sempre com o seu consenso, mas sugestões que podem servir apenas como brincadeiras em um show, ou de tão positivas podem mudar sua vida para sempre, seu rendimento, podem lhe alavancar para um outro patamar de performance.

Na minha experiência de BSOP inseri no meu subconsciente apenas duas sugestões, “eu vou jogar certo todas as mãos” e “eu não vou tirar os olhos dos meus oponentes por nada”. Isto foi o suficiente para eu me colocar em um outro patamar de performance. Sei que parece meio obscuro ou subjetivo falar isto, mas podem acreditar, não é. Não tem nada de motivacional, não tem nada de auto ajuda de palco, não tem nada de empreendedorismo de palco. é pura técnica. Relaxamento, sugestões, foco e concentração fazem sua mente ir buscar no subconsciente apenas informações pertinentes aqueles objetivos que você traçou. Você sabe quando vai errar no poker, mas as vezes não veio diretamente na sua cabeça a informação correta ou o movimento correto e você simplesmente erra. Você não pagar o all in do cara de 22 no boar AKJT3, normalmente neé kkkk, porque simplesmente é óbvio que esta perdendo, e através de todas as suas experiências e estudos sua mente sabe este ÓBVIO. Mas e os outros lances que não são tão óbvios assim? Ela também sabe, ou tem uma boa pista, mas nem sempre a mensagem é tão clara pela sua falta de foco, a hipnose atua aí.

Pouco a pouco, nos snaps, faces, videos e etc vou mostrando para vocês mais sobre isto! Mas sugiro que vocês pesquisem sobre o tema no youtube, vocês vão encontrar coisas fantásticas!

Mudando de assunto, CHUPAAAA MÍDIA DE POKER MUNDIAL! hauauahauhaua

Vocês não me escracharam quando escolhi o São Paulo Mets? Eu não fiz a toa. Quem eu escolhi sabe o que esta fazendo, joga o jogo. Você, mídia internacional não sabe porque é preguiçosa, seu foco não é relatar os melhores jogadores do mundo, e sim os que são mais fáceis e acessíveis para você fazer artigo. Você vê americano e europeu certo? Pq você é preconceituosa e seletiva. Mas nós brasileiros somos picas, somos bons em muitas coisas. Eu fui para o Draft preparado, convoquei ajuda do Rafa Moraes e do Bueno, criamos planilha de desempenho, lucratividade, estabelecemos critérios e escolhemos o que tinha de melhor naquele salão. Você mídia internacional fez mesma coisa? é claro que não, porque você não entende porra nenhuma de poker, você entende de texto. Você me apertou quando chamei o Darren Elias não foi? Você já enfrentou o homem? Pois é, atenha-se a fazer vídeo e promover o esporte dentro do seu alcance, não julgue tecnicamente porque você não sabe porra nenhuma.

O São Paulo Mets destruiu, massacrou, ganhamos a nossa vaga nas finais antes do término da temporada. Fizemos mais pontos que o líder da outra conferência e não teve ninguém brilhou mais que o outro, todo mundo destruiu, Bauer, Simão, Decano, Moja, Byron e Darren jogaram sério, jogaram focados e somaram pontos importantes para chegarmos até aqui.
Agora o time das finais esta escolhido, Darren Elias, Thiago Decano e João Bauer serão os combatentes, e vou falar em, vamos com boas chances de título. Vai ser bem difícil, muita gente fera, mas já mostramos que não ficamos para trás de ninguém.

Meu maior prazer nesta GPL além de trabalhar com estes monstros, foi ser um dos responsáveis que mostrou ao mundo quem é Thiago Decano, quem é João Simão. Agora quando eles viajarem o mundo nego vai saber que tomou 3×0 deles em HU, que perdeu 6 max para o Bauer, que apanhou de todos os outros. E esta vitrine é muito importante para dar orgulho ao poker brasileiro e fazer com que vários outros jogadores inflem seus peitos e corram atrás, o Brasil esta forte demais no poker, é potência mundial, online e ao vivo, e mostramos isto na GPL e todos os dias online.

Para finalizar, corre para o youtube e assiste o que estamos fazendo com o THE REAL GAME, faz isso faz! A maior web série de poker do mundo merece esta atenção, o que o Felipe da Mar Aberto vem fazendo sinceramente me enche de orgulho, mas não deveria ser novidade, o homem acabou de voltar de Cannes com documentário na lista dos indicados, então, é este tipo de profissional que esta relatando a verdade sobre o jogo toda quinta feira na Akkari Tv. Deixe seu comentário por lá que o gordinho fica todo feliz kkkkk (gordinho é o Felipe). CLIQUE AQUI PARA ASSISTIR O ÚLTIMO EPISÓDIO

E lembrando, regressiva para o Millions em, faltam 30 dias para o segundo maior evento de poker do mundo!!!

Galera, grande abraço a todos se preparem que muita coisa boa vem por aí! Não paramos nunca, agora vai fazer uma auto hipnose no youtube e relaxar vai!

Beijos

André Akkari

4 comentários sobre “Mental coaching, Hipnose e o apavoro do São Paulo Mets

  1. Que insano Akkari, juro que fiquei Hipnotizado com seu texto! Estudar a mente foi uma sacada genial da sua parte, principalmente por você, atualmente, estar focado no live. Parabéns demais po ser um ídolo dedicado e sempre querer ser melhor a cada dia, o senhor é um exemplo de representante pro nosso esporte. Tenho certeza que seu alto desempenho irá perdurar enquanto haver estímulo dentro de você. Mais uma vez parabéns e obrigado por compartilhar um pouco da sua experiência com a gente. Abraço

  2. Olá André, bom dia.
    Pelo seu relato sobre o curso de hipnose, creio que tenha sido na Omni, com o Hans ou Jerry, confere?
    Sou formado pela Omni aqui no Brasil, não existe curso melhor!
    Caso queira trocar figurinhas sobre o assunto, é só me chamar (rodrigo@maisescolhas.com.br).
    Grande abraço e sucesso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s