Explosão 2015, erros e acertos e vemmmm 2016!

E aí galera, tudo bem com vocês?

Enfim posso comemorar!!! Deu eu no POY (Player of the Year) de 2015 do Global Poker Index para o Brasil.

http://www.globalpokerindex.com/rankings/brazil/100/

Vocês não fazem ideia do quanto eu estou feliz. O Ranking GPI mede resultados e as performances dos jogadores pelo mundo todo, uma combinação muito bem feita de equações que resultam em o mais perto possível do que poderia ser um ranking mundial.

Sempre tive muito firme em minha mente traçar desafios e executa-los, sem medir preço. No começo deste ano em um blog aqui mesmo e em entrevistas para as mídias de poker mostrei tudo o que me importava em relação a minha carreira para o ano de 2015. Queria de forma inequívoca ter um grande ano nos torneios ao vivo. Em maio de 2014 eu decidi focar neles, focar no ao vivo depois de 7 anos de uma carreira muito bem sucedida grindando online e dali em diante comecei a buscar conhecimento, colocar a cabeça voltada para quais eram os meus pontos fracos e fortes, onde eu deveria melhorar para ter performances mais vencedoras.

Fui fundo em cada detalhe, eu sabia muito bem onde os erros estavam. Vou até expor alguns para vocês.

Quando eu jogava online eu não tinha o mínimo problema em chamar a atenção no sentido de buscar ser o mais agressivo do meio do torneio para frente. As pessoas não olhavam na minha cara então não vinha aquele sentimento de repulsa por parte delas para comigo. No ao vivo para mim já não era tão fácil. Tirando torneios que realmente eu tivesse muito inspirado, o mode NORMAL não era de intensificar a agressividade a todo momento. Não sei se chegava a dar uma vergonha, ou se naturalmente eu chegava a aliviar em algum momento, mas o olhar na cara deles em algum momento me tirava um pouco do gráfico crescente de porradas que se deve ter para o sucesso.

Mudei isto, radicalmente, mudei para um sentimento de prazer em quanto mais eles ficavam incomodados comigo. Comecei a buscar prazer em cansar os caras, me dava tesão entrar dentro da cabeça deles e ver que eles estavam pensando “Lá vem este imbecil de novo, que será que ele vai fazer agora?”.

Outro defeito muito grande que eu tinha era no começo dos torneios, tinha uma facilidade de perder o foco enorme. Por vir de uma ação frenética no online com muitas mesas, o começo do torneio live sempre me incomodou. Ficava vendo aqueles erros absurdos sendo cometidos e não resistia em tentar pegar as fichas dos caras de qualquer maneira. Em torneios de poker jogar muito pra frente o começo do torneio é suicídio estratégico, você esta fadado ao fracasso. Mudei isto de forma primitiva mais radical. Comecei a sentar e apreciar os caras jogando, coloquei uma série de TV nos primeiros levels, mas com um olho no peixe e outro no gato, isto foi fundamental para 2015. Quando voltávamos do segundo break dos torneios ai o pau começava a cantar, e cantar forte. Tudo o que eu havia acumulado de sede de pegar os caras nos primeiros quatro níveis e transformava em pensamento estratégico e agressividade agora que já fazia sentido o tamanho dos potes.

E assim foi, estudo, auto análise, e conhecimento do ser humano cada vez mais técnico e estudado me levaram ao jogador do ano do Brasil no GPI. Atrás de mim ficaram meus grandes ídolos, Ariel Bahia, Yuri, Decano e João Simão. Engraçado isto né? Como tem gente que se julga inteligente e consegue achar que poker é um jogo de azar, que a sorte é primordial. Clica neste link acima e olha no POY2015 e veja o que você vai encontrar. Entre os 7 primeiros lugares estão os maiores nomes, os mais conhecidos, os que recebem mais atenção pelo pensamento técnico e estratégico do jogo, mas não adianta, alguém sempre vai achar alguma coisa para falar que mesmo não fazendo o mínimo sentido pelo menos faz o fracasso dele ser justificado.

Meu ano de 2015 foi maravilhoso, em todos os sentidos, mas vai perder para 2016. Estou super preparado, super focado, sabendo exatamente que caminho eu tenho que percorrer para buscar ainda mais resultados que independente do dinheiro que possam trazer me fazem feliz. Em nenhum momento eu penso no dinheiro que estas performances podem trazer, não porque eu seja a Irmã Dulce não, gosto de dinheiro, mas é incrível como quando você esquece dele e foca na parte técnica de tudo o que você faz, e ele como em uma passe de mágica, aparece!

Fiquei puto de perder o POY da América Latina mas perdi merecido, os dois argentinos, Ivan Luca e Mario Lopez destruiram demais em 2015. Os dois bateram os fields sem dó e fizeram coisas que eu não fiz, cravaram torneios. Isso mostra a minha quantidade de traves que mesmo sem cravar nenhum grande ainda peguei em terceiro. Em 2016 virão as cravadas e mais muitas retas finais, tenho certeza disto. A Argentina vai ter que se contentar com o segundo lugar desta vez kkkk …. Parabéns aos hermanos que arrebentaram!

Em 2016 a briga vai ser grande, acho que alguns brasileiros irão sair para a guerra de forma pesada como eu, Ariel, Simão, entre outros estão com planos audaciosos e os meus também não são pequenos, portanto, brigar por ponto a ponto no POY2016 vai ser um tesão, espero que eles tenham o mesmo sentimento, quando mais nos impulsionarmos a isto, partindo do princípio que não disputamos diretamente uns contra os outros, mas todos nós iremos nos beneficiar tecnicamente, financeiramente, e prazerosamente deste competição.

Quanto ranking mundial fiquei em 77th. Triste? Acho que não, infelizmente é natural. Isto tem mais a ver com a residência que temos do que diretamente com a performance. Morar nos Estados Unidos facilita demais para poder ficar entre os 10, ou 30 primeiros do mundo. Eles tem séries grandes todos os finais de semana, Las Vegas, NY, Flórida, é impossível competir. WPT , WSOP Circuit, fora que eles estão em todos que nós também estamos, EPT, WSOP, etc. Mesmo assim, acho que dá para ir mais longe, eu no passado não tinha esta visão como tenho agora, acho que dá para brigar mais, lutar mais e viajar mais. Isto eu não farei em busca do primeiro lugar, os dos dez primeiros, eu farei na medida que viajar mais e jogar mais me faça feliz, portanto, preciso me preparar para levar mais minha familia comigo e estar mais perto dos amigos que me fazer diferença.

Estamos com análises de planos audaciosos com o João Simão, algo sobre montar um grupo de estudo nas viagens de alta performance, treinamentos e coachings que consigam nos colocar no grupo da elite mundial. Estou mega excitado com isto e se conseguirmos montar junto com alguns outros grandes projetos que estão nascendo 2016 vai ser um sonho!

Como última notícia de 2015 e que me dá tanto prazer como a minha carreira quero comunicar a vocês que saíram os gráficos novos dos nossos alunos do Curso Mensal. Sente isto abaixo;

Gráfico PRÉ CURSO
Graficos PRE curso
GRÁFICO PÓS CURSO
Graficos POS Curso

Existe isto?

Na abertura do curso fazemos um acordo com os alunos. Se eles jogarem o volume de torneios que indicamos, cumprindo tecnicamente as coisas que dizemos no curso, e mesmo assim eles ficarem negativos, devolvemos o dinheiro do curso EM DOBRO.
Dá para entender o porque temos coragem de fazer uma proposta como esta?

Este é o resumo:

Dados do Gráfico PRÉ Curso:


Jogos: 743,410

Avg Stake: $4,99
Buyins: $3,706,260
Total em prêmios: $3,775,118
ROI: -5%
Profit: -$198,623
Lucro médio: -$0,27
Dados do Gráfico PÓS Curso:
Jogos: 1,202,103
Avg Stake: $8,79
Buyins: $10,531,596
Total em prêmios: $11,879,476
ROI: +5,9%
Profit: $659,574

Lucro médio: $0,55

É claro que para quem faz o curso para jogar como hobby não deve nem se preocupar com isto, mas deve se preocupar com a qualidade do curso e com o conhecimento que irão adquirir mesmo que seja por hobby. O curso é inquestionável e poucas coisas profissionais me dão tanto prazer como poder dizer isto de peito aberto.

Para finalizar este ano maravilhoso galera quero apenas desejar um FELIZ ANO NOVO para vocês. Cheio, lotado de saúde, que você vençam todos os desafios que tiverem, que vocês deem muitas risadas, junto das pessoas que realmente fazem diferença para vocês.

Que vocês não se apoiem em muletas intelectuais para justificar nenhum fracasso, aprendam com os erros e não os repitam em hipótese nenhuma, que vocês façam o que os deixam FELIZES. Não deixe ninguém dizer que vocês não vão conseguir, e se disserem que vocês não acreditem em hipótese nenhuma. Matem o field, caiam pra dentro!

Quero encontrar muitos de vocês em viagens de poker profissional, sejam profissionais ou amadores, quero ver vocês torcendo pelas minhas retas finais e podem ter certeza que eu irei estar na arquibancada torcendo por vocês também. Vamos para Vegas, vamos arrepiar por lá, vamos bater o recorde de brasileiros ganhando braceletes e em mesas finais, como fizemos em 2015, vamos cravar nosso primeiro EPT do Brasil, vamos fazer o LAPT que nunca fizemos, estamos devendo na série Latino Americana, o Brasil tem que ser devastador nela. Vamos fazer do BSOP o maior evento esportivo do Brasil e não o segundo. Vamos batalhar pela nossa regulamentação, por impostos mais justos e bem aplicados, vamos promover a atividade que nos faz feliz e vamos realizar os nossos sonhos, porque são eles que nos mantém vivos, com o coração cheio de adrenalina, por que de verdade, sem isto a vida é uma bosta!

Um grande beijo no coração de todos vocês, muito mas muito obrigado por todas as mensagens, vocês não imaginam a minha alegria ao ver qualquer comentário que me motive, vocês realmente fazer a diferença!

André Akkari
TEAM POKERSTARS PRO

7 comentários sobre “Explosão 2015, erros e acertos e vemmmm 2016!

  1. Parabéns pelos excelentes resultados, André! Que 2016 seja melhor ainda e que você continue nessa pegada firme que as coisas vão acontecer naturalmente! Ótimo texto e você sempre com uma energia mt boa, mt impactante p quem ta lendo.. sem palavras. A turma do poker agradece! gl sempre, irmão! Abrs

  2. incrível seus resultados e dos seus alunos.
    Se você acha que deve algum resultado, vamos lá: Quero ver pegar mesa final no PCA.
    Estarei lá torcendo por você.
    abs
    walter the terrific oaquim

  3. Parabéns!! professor. Deus permita vc e seus sonhos no 2016. Nós estaremos aqui procurando seus cursos e a próxima Na mira do PRO kkkkk. Como vc fala, sempre para frente, meta fichas diante que o sucesso ta vindo.

  4. Novamente um ótimo artigo Akkari. Toda vez que eu venho ler um artigo novo, saio com uma motivação e uma energia positiva impressionante de fazer as coisas acontecerem. Parabéns pela colocação no GPI e com certeza 2016 vai perder pra 2015. Esse ano eu cheguei em Vegas no último dia do Main Event da WSOP e não consegui ver você lá, mas encontrei o Bueno, Dimenor e mais uma galera. Espero conhecer você pessoalmente ainda. Um abraço e vamooooo.

  5. Com esta gana toda fica difícil 2016 perder para 2015. Ótimo texto Akkari, você poderia fazer um a respeito das opções de cursos que vc e sua equipe oferecem. Um abraço.

  6. Kara vc é mais que um ídolo no esporte é uma lição de vida, é ter prazer no que faz e ser bem sucedido e mesmo assim, se sentir feliz em ajudar novos jogadores que talvez um dia poderão fazer frente a vc, o poker no Brasil so tem a agradecer a vc.
    Eu particularmente inicie no poker após ler sobre vc e me apaixonei pelo esporte faço dele meu hobby, porem ja estou traçando metas de ser cada vez mais lucrativo para talvez em 3 ou 4 anos virar um jogador profissional. um abraço e me aguarde no seu QG a qualquer momento.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s