Minha opinião sobre o discurso do campeão!

E aí galera, tudo bem com vocês?

Aqui esta tudo beleza, acabaram os torneios da WSOP e agora restou o maior deles, o Main Event. Durante estes dias estamos aqui no QG em Vegas nos preparando para este grande evento mais do que tudo. Exercícios diários, conversas técnicas e tentando relaxar a mente o máximo já que a WSOP não foi das melhores.

Mudando de assunto, o campeão do One Drop deste ano com buy in de 1 milhão de doláres Daniel Colman após o título se recusou a dar entrevista para as mídias de poker que estavam na WSOP. Depois de muito ser questionado e até bombardeado por algumas mídas, Daniel resolveu escrever um post no famoso forum Two Plus Two onde deu as razões pelas quais ele não queria falar em público.

Basicamente o campeão e fenômeno do poker diz que não queria aparecer, não queria ser famoso por jogar poker pq poker segundo ele era um jogo sombrio, onde muitas pessoas perdem dinheiro e poucos ganham, e que ele por ser profissional deste jogo e se beneficiar tanto dele sabia exatamente o quão triste o cenário era a ponto de não se orgulhar de fazer parte.

Eu conheci Daniel em Monte Carlo, inclusive ele mora no Rio de Janeiro. Um cara gente boa, parecendo ser bem simples e conheço também muita gente que o conhece e quem passa mais ou menos a mesma visão do garoto para mim. Ele é regular de heads up hiper turbo online, passa praticamente o dia todo sentado em um laptop esperando alguém entrar para enfrenta-lo em jogos caríssimos.

O primeiro ponto que eu gostaria de compartilhar meus pensamentos com vocês, sem ser o dono da razão mas expondo o meu ponto de vista é que o que a mídia fez com Daniel foi ridículo. Ele não é e não deve ser obrigado a dar entrevista para ninguém, ninguém é. Ele joga o torneio que ele quiser, e quando ganhar ou perder faz o que bem entender. Ficar acusando o cara de estrelismo ou de qualquer outro nome pejorativo porque não queria alimentar a mídia de poker é baixo e sem fundamento.

Entretanto, o discurso do Daniel para mim foi contra tudo o que eu penso. Foi filosofia barata de fundo de quintal, uma tentativa sim de demonstrar uma humildade exagerada, ingratidão profunda por um mercado que entregou coisas demais para ele, e principalmente de uma hipocrisia enorme. Explico o porque.

Se vocês quiserem ler o discurso na íntegra em inglês esta aqui http://forumserver.twoplustwo.com/showpost.php?p=43862667&postcount=2553

O discurso do Daniel já começa de forma triste, diz ele que não deve explicações nenhuma, não deve nada ao poker mas que mesmo assim vai falar. Puro egocentrismo na minha opinião. Vejo isto diariamente em pessoas que tento trabalhar a carreira no poker. O cara começa a despontar para algum tipo de sucesso, ganhou um torneio qualquer na internet e já pensa que é o centro do universo e que todos os olhos e atenções estão voltadas para ele. Imagina o cara que ganha o One Drop com buy in de 1 milhão de dólares. Isto para mim é um sinal apenas de como ele pensa e o risco que ele corre de se transformar em uma pessoa fortemente egocêntrica com o passar dos anos. Para mim o discurso deveria começar agradecendo quem torceu por ele, agradecendo quem trabalhou para ele ser tão afortunado. Mas egocêntricos nunca acham que ninguém trabalhou, ninguém ajudou, somente si próprio e não é desta maneira.

Depois falando sobre o discurso no geral, Daniel, talvez por ser novo ainda, não entendeu muito bem alguma relações importantes neste mundo.
Uma coisa onde muitos perdem, muitos investem e não tem sucesso, muitos tentam chegar ao topo e não são bem sucedidos e são derrotados em geral por poucos, chama-se ESPORTE. Esta é a natureza do esporte.

Nesta minha estrada conheci muitos atletas, atletas de esportes incontestáveis como futebol, tênis e volei e não são quaisquer atletas não, nego grande e todos eles, 100%, quando questionados por este assunto em jantares e reuniões compartilham do mesmo ponto de vista. O esporte favorece sempre 0.0X% das pessoas que o praticam tanto por lazer como por profissão. Se você questionar como sei isto, se perguntei isto para eles, sim, perguntei. Porque esta visão do Daniel, todos que começam a jogar poker compartilham um pouco em um primeiro momento, então é pertinente para mim que conhecendo as pessoas que conheci quisesse levantar estes bate papos para formar melhor a minha opinião. Eu também tive minhas dúvidas.

E vou além, o poker é um dos esportes que mais devolvem, que mais entregam benefícios aos seus jogadores, principalmente aos amadores.

Agora poucos ganharem, você ficar bitolado em evoluir e ganhar, você investir em infra estrutura para correr atrás do seu sonho e você ficar inserido em um contexto onde vê a maioria se ferrar é algo bom? Não sei, mas isto é ESPORTE.

Quantos jogadores de futebol existem somente no Brasil ganhando uma miséria todos os meses? Pessoas que investiram sua vida toda para isto acontecer, gastaram o que tinham e o que não tinham de suas familias para tentarem a profissão tão sonhada do Neymar, não estudaram de forma correta ou completa, mudaram de suas cidades, passaram perrengues absurdos, e no final das contas, nada deu certo e nunca vai dar, vocês tem ideias de quantos? Infinitamente mais do que a existência de ídolos ou bem sucedidos do campeonato brasileiro da primeira divisão.

E no tênis? Reservas financeiras construídas a todo esforço com muito trabalho “regular” são gastas todos os meses em técnicos, professores, aluguéis de quadra, compra de equipamento, e anos após anos mais viagens, hotéis e etc para que? Para todos os méritos de um esporte enorme, mundialmente conhecido, dormirem nas mãos na última década de quatro ou cinco jogadores, Nadal, Djoko, Federer e mais um ou dois ai que podem ser citados. Quantos ganham dinheiro com tênis? Quantos são lucrativos de fato? E quantos jogam e tentam???

Imaginem vocês, passar a vida inteira investindo dinheiro pesado, e é pesado em, repito porque talvez alguns dos meus leitores não façam ideia quanto se coloca de dinheiro para se formar um jogador de alto nível, e no final das contas ele vai ser um mero espectador do sucesso de quatro ou cinco jogadores. Então o tenis é sombrio? Sim, de uma certa forma, pelo menos da forma do Daniel deveria ser considerado, mas eu não vejo assim, vejo o ESPORTE sendo assim.

Então porque as pessoas gastam o que não tem, investem fortunas, tentando algo que se tem 1% de chance de sucesso neste mundo?

O ser humano é movido a desafio, a adrenalina. Uma vez que você experimenta este sentimento de competição você não larga mais. Eu sou viciado em derrubar paredes e conquistar coisas. Se cheguei muito longe ou se não consegui ser bem sucedido não importa. Lutar, competir é o que me move e sempre vai ser assim.
Não tem Daniel nenhum que possa julgar este meu sentimento ou as coisas que me dão prazer nesta vida, a vida é minha.
O que eu sou é grato ao esporte, grato a este cenário competitivo que faz a minha vida mais emocionante, menos parada e sem sal. Não digo que todos devam pensar assim, mas eu penso e adoro.

O poker devolve mais a quem não se esforça tanto do que os outros esportes. Amadores enfrentam profissionais, sabendo disto. Pessoas que não mais teriam condições de terem estes sentimentos citados acima no poker tem. Passam um blefe no Phil Ivey e voltam para as suas casas mais realizados do que nunca foram na vida. Eu não consigo enfiar uma paralela de direita no Nadal mas um jogador iniciante consegue “flutuar” o Negreanu em uma mão na WSOP.

Agora este amador que não se prepara vai perder no médio e longo prazo? Claro que vai, e tem que ser assim, assim como eu perco no tênis e no futebol. Perco mas não é derrota, é um investimento para praticar uma atividade que me dá um enorme prazer. Eu bater o backhand hoje melhor do que bati ontem me dá um prazer imenso, vibro, grito, sacaneio meus amigos de quadra e mesmo assim quando me filmam jogando me sinto um tosco que não faz ideia do que esta fazendo, mas e daí, eu adoro jogar.

Falta ao Daniel experiência de vida para enxergar como realmente o mundo funciona e o que movem as pessoas, entretanto acho que este falta de conhecimento e de experiência que gerou este post patético dele, sim patético na minha opinião, ainda não foi a pior parte.

Daniel tem a vida dos sonhos, muita gente trabalha por trás deste mercado para ele ter esta vida e ele foi mal agradecido, egoísta principalmente em dizer que não exalta feitos individuais de ninguém e por isso a sociedade segue rumos sombrios. Isto vindo de um jogador de heads up hiper turbo, que mora em uma cobertura do Arpoador, que com 20 e poucos anos leva a vida dos sonhos justamente por esperar um, apenas um jogador entrar na sua jaula para arrebenta-lo no meio é de uma hipocrisia sem fim. É uma visão completamente populista e fora de contexto. É promover algo que você não faz, ou criticar em público algo que você por trás faz, isto chama-se hipocrisia no dicionário. Feio e baixo diante de usar da atenção que um título individualmente lhe deu para passar uma ideia de monge budista que nunca meditou.

Eu já critiquei coisas e depois acabei fazendo, eu já fui hipócrita também em alguma situação e acho que todos nós podemos cometer ou de fato cometemos este erro em algum momento de nossas vidas, principalmente sendo novo, mas este cara caprichou demais, foi uma das maiores hipocrisias que eu já vi.

Tenho certeza absoluta que foi apenas um erro, que ele não é um cara do mal, conversando com ele se ve que é boa gente e conversei bastante com ele no Main Event de Monte Carlo, inclusive onde ele ganhou o Super High Roller de 100k de buy in e ele se mostrou um cara muito bacana, agora pensa bem, no texto dele ele diz que a sociedade deveria pensar diferente, não valorizar conquistas individuais, que isto desvia a atenção das coisas que realmente deveria importar na sociedade. Acho legal o discurso, mas dando buy in de 1 milhão de dólares, de 100 mil dólares, e jogando por 5 ou 10% é realmente a forma mais bonita de usar uma fama que você construiu para buscar o bem da sociedade? Ou o seu próprio?

De uma hipocrisia sem fim!

Este texto do Daniel mostrou como garotos podem ser facilmente enganados pelos seus próprios pensamentos noturnos e rebeldes de como a vida deveria ser bela, a sociedade deveria ser integrada e acordar no dia seguinte potencializando todo o sistema já conhecido de como a sociedade funciona. Apenas mais um garoto com um discurso fraco.

Quer ver menos pessoas perderem no seu esporte ou no seu jogo e mais pessoas se beneficiarem do que você já se beneficiou? Vai dar aula de poker de graça, ao invés de dar buy in de 1 milhão, cria um projeto social, ou mesmo dando o buy in sem problemas. Vai na favela da Roçinha criar novos pensadores lógicos e inteligentes de heads up hiper turbos com todas as estratégias e matemáticas envolvidas. E não vai ganhar 15 milhões de dólares de pessoas que não tem a sua capacidade e depois ficar cagando discurso do Dalai Lama para este mesmo grupo de aficionados.

Pessoas vibram com o poker, investem para se divertir, outros tentam carreira sem sucesso, outros tentam e conseguem sucesso médio e a grande minoria voa alto e conhecem todos os benefícios de ser um atleta de alta performance e é assim que é o esporte é, e é assim que sempre vai ser.

No curso do QG dizemos na primeira hora que provavelmente ninguém que esta ali vai virar profissional, que 2.5% dos jogadores conseguem, mas que aprendendo o poker pode não lhe dar dinheiro mas lhe trazer muito prazer de adrenalina e estratégia.

Nós vendemos cursos de poker, ensinamos o jogo, dividimos experiências e você pode pensar que uso isto para ganhar dinheiro e é claro que sim, mas fazemos muitas outras ações para divulgar este esporte e esta estratégia sem cobrar um real, apenas para promover os benefícios desta atividade que prepara a mente para grandes desafios.

Acho que o Daniel vai aprender demais ainda, inteligente do jeito que é só lhe falta vivência, experiência mesmo, isto é um patrimônio que somente a idade lhe serve e aos poucos ele vai achar o caminho dele de lidar com suas crenças, seus anseios e ter atitudes que realmente vão junto com estes pensamentos e não complemente contra o seu discurso. Com isto acho que ele tende a ser mais feliz porque no seu discurso me pareceu triste.

É claro que sei que muita gente gostou do discurso do cara e respeito todos, mas esta é a minha opinião. Respeito o debate, respeito quem não concorda comigo, mesmo que seu esporte seja este, não concordar com alguém, porque vocês sabem que tem gente que vive disto né? Xingar os outros, criticar quem emite opinião ou agredir em rede social, sem contar os que passam a vida medindo a felicidade diante do fracasso dos outros. Infelizmente a nossa felicidade gera muita infelicidade para quem nos odeia, ao invés do cara buscar suas conquistas, bater suas metas, ser uma pessoa melhor, ele quer transformar os outros em piores, diminui-los. Para você que pensa deste jeito fica apenas a minha dó. Eu conheço alguns que tiveram nas suas vidas os grandes dias de sucesso sendo o meu fracasso e os piores dias de sua existência quando eu tive sucesso. Imaginem que vida triste esta? Portanto, se é por uma conversa saudável, debate criativo e para evolução, deixe seu comentário aqui no blog sobre o que você pensa a respeito.

No resto galera é foco no Main Event, preparação psicológica para estar bem para esta competição, torcer muito pelo nosso país na Copa do Mundo, parar de lamentar a saída do nosso craque Neymar, rezar para ele ficar bem e apoiar nossos outros guerreiros que vão buscar este título para o nosso país que tem no futebol uma dos poucos grandes orgulhos e no geral curtir a vida. Estou disparado no melhor momento da minha vida, o mais feliz, mais sólido e o que mais me deixa  impulsionar pessoas a buscar as mesmas felicidades que conquistei e continuarei conquistando.

Espero que vocês também estejam muito felizes!

Grade abraço,

André Akkari

54 comentários sobre “Minha opinião sobre o discurso do campeão!

  1. eu ainda acho q tao exagerando demais e criando mais polemica ainda numa enorme BABOSEIRA
    o caboclo deve ter ralado mto peito num quarto escuro pra chegar onde chegou, ele fez as escolhas deles pra conquistar o que conquistou. tudo q ele falou é verdade SIM. porem é a verdade DELE. a visão DELE e nada mais importa.
    não existe uma verdade. existe a sua verdade a minha verdade e a do proximo. o cara apenas falou o q veio do peito. nao é questao de ser uma pessoa boa ou ruim, muito menos de inexperiencia ou falta de gratidao.
    nós faltamos com respeito do msmo tanto ou até pior quando contrariamos seus pensamentos sem respeita-lo ou aceita-lo como verdade do PROXIMO e nao a nossa.
    vc pensa tudo isso dele q vc falou ai no seu blog afinal é a sua verdade, é como vc ve o mundo e a vida
    já ele pensa tudo q ele falou no post la no 2+2 de varios poker players e da vida e pronto. e a verdade DELE.
    só pra constar eu discordo de 99% do q ele postou no fórum porem respeito 10000000000000000%
    ja seu post aqui eu concordo 99% e respeito 50% pq nao gostei da abordagem que ficou parecendo q o cara no final de tudo ta errado pra quem pensa diferentemente dele.

  2. Pingback: Anônimo

  3. A situação é clara, direito de libre arbítrio qualquer pessoa tem.
    Se não existe um contrato ou uma força maior que o obrigue a dar entrevista, direito dele de não fazer.
    POREM, no momento em que você vira as costas para o que você faz e vive, ai se muda a forma de ver as coisas.
    Na vida temos que ser grato as pessoas e atitudes, eu particularmente sou grato a familiares e pessoas próximas, se um dia chegar a ser PRO, não vai ser por incentivos dele no jogo, porem muito irei dever a eles, assim como serei grato a alguns PROs brasileiros que postam videos e comentários, se um dia eu chegar a ser PRO, uma boa parcela vai para eles, mesmo que eles não tenham o menor conhecimento disso.

    Um ultimo detalhe que é pouco abortado no mundo do poker, PROFISSIONAL não é só os grandes jogadores que foram milhares de dolares, o menino de 18 anos que mantem a sua rotina de 8hrs de jogo por dia e faz seus belos ganhos de 1400 reais, SIM, ele é um profissional do poker, ele vive do poker, assim como iria ser um profissional da construção civil aos trabalhar em uma obra e ganhar os mesmos 1400 reais.

    • Profissão é profissão… nem todo funcionário público defende o Estado (mais impostos, enfim), nem todo engenheiro civil defende o mercado da construção civil. Esta história de que ele deve gratidão é uma balela.

    • Exatamente o que penso. como QUALQUER profissão do mundo, se o cara vive disso e se sustenta, ele é profissional. Existe o cirurgião que ganha 40.000, o técnico que ganha 1000, advogados ganhando de 1.200 a 70.000…Todos são profissionais. (inclusive é onde quero chegar, rsrs. Ganhar o minimo para me sustentar, fazendo o que gosto: poker)

  4. Faça um convite a ele para conhecer o QG… Se ele puder perder 2 dias de Grind na vida de repente pode repensar algumas coisas…

  5. Só uma diferencinha entre o poker e outros esportes. Divisão por ranking não há no poker. Se eu quiser pagar por um torneio e jogar contra campeões mundiais eu posso. Isso talvez seja desfavorável para os iniciantes que podem agir por impulso se descontrolando e finalmente quebrando ou abandonando o esporte por tomar um grande sarrafo na disputa. Como se fosse possível pagar o buy in e inscrever seu time de futebol contra o barcelona. Seria majestoso! Se estivesse ao meu alcance certamente pagaria também. Mas o final é previsível, mas… imagine se seu timinho ganhar do barça?! Probabilidade é bem pequena, desvantajosa mas existe. Poker precisa de muita regulação ainda. Não é possível dizer que só há vantagem. Conhecer as desvantagens, fugir dela, adaptar-se a um tipo de jogo que seja confortável financeiramente e finalmente ser lucrativo, é um caminho muito longo e árduo. Não há como fugir. Cursos, leitura, estudos e batalhas financiadas do seu próprio bolso. Desde que estejamos cientes deste caminho, este esporte é maravilhoso! Cabe somente a você não envolver onde não deve.

    • nao vejo onde possa ser desfavoravel para os jogares amadores e novatos do poker poderem dar um tiro grande no seu bankroll isso acontece no futebol muito jogadores ja se mudaram para o real e o barca apenas a procura do dinheiro e quando la chegam apercebem-se que estao no meio de vedetas e nunca deviam ter aceite o convite porem esses jogadores continuam ganhando dinheiro mas uma grande percentagem deles acaba a carreira ou vai para um clube bem pequeno o que num jogador de poker iniciante se quiser ar um tiro num torneio de 1000 dolares mesmo que perca este esporte nunca lhe vai virar a cara e vai sempre haver um torneio que ele possa entrar sendo ele micro ou highroller ele vai sempre poder jogar, cada profissao tem os seus pro e contras e cabe a cada um fazer as suas decisoes e depois arcar com as perdas ou com os ganhos em ralacao as declaracoes do mestre aakkari eu concordo perfeitamente acredito que cada um tem a sua liberdade de expressao mas quando a gente gosta do que faz nao se fala assim acho que devemos sempre agradecer primeiro aos outros do que pensar que foi suado que nos e que batalhamos e que os outros nao merecem nenhum merito digo isto porque acredito que ninguem e ninguem se nao houver alguem

  6. Rapaz, você está tão preocupado em defender o joguinho que nem leu o artigo do cara direito. 90% do que escreveu nada tem a ver com o que ele disse.

    Ele claramente é contra a publicidade agressiva do poker, da venda da ilusão em ser Winner, em alguém estimular depósitos em sites de poker porque viram a foto dele com 15 milhões de dólares.

    Disso você não escreveu uma linha…

    • Puxa vida, pensei que soh eu tivesse percebido que o post do Daniel nao tem nada haver com o que o Akkari escreveu, que por sinal tem o seu valor, mas nao toca o ponto fundamental do Daniel de nao querer fomentar e nao concordar com o marketing cada vez mais agressivo do Poker, o paralelo que ele faz com as propagandas de cigarros e bebidas eh um bom exemplo, onde todos aparecem alegres e felizes.

      Longe de ser hipocrita, ele demonstra seguir suas crencas e age conforme elas. Sinal de muita maturidade, apesar da pouca idade.

  7. É claro que o Akari não iria concordar com a opinião do garoto. Indo contra tudo que ele defende!
    Mas é bem verdade o que ele disse sim! O poker tem um fato grave que esportistas de verdade não passam que é o chamado BAD BEAT. Esse discurso de médio longo prazo é bem fácil pra você Akari.
    Mas o seu famoso QG só fala de alguns que ganham algo, e os vários que saem daí negativo, como um que conheço que passou um bom tempo aí e não ganhou nada! Poker não é esporte! É um jogo de azar que os que tem habilidade tiram alguma vantagem e só!

    • Bad beat é nada mais que variância e variância existe na vida, ou tu achas que que esportistas rendem em todas competições 100%, quantas vezes já vice um jogador 1° não ir muito bem em todas as partidas, a variância atinge cada um de um jeito, ou tu achas que ser atleta de rendimento e ser saudável, muito pelo contrario. E mesmo assim e pregado como se foce.

  8. Eu já partilhava da mesma opinião que você Akkari. Pra mim, de forma resumida, ele tem todo o direito de não dar entrevista e até aí ok. Agora acho lamentável a atitude dele em resolver falar sobre o poker (a quem ele deve provavelmente tudo o quê tem) e só mostrar o lado negativo de um esporte que, como qualquer outro, tem sim várias coisas negativas, mas se fossemos colocar em porcentagem eu diria que são 20% de coisas negativas e 80% de coisas positivas. E ele focou só nos 20%… muita hipocrisia! Ainda mais vindo de alguém que resolveu jogar um torneio caríssimo desses onde o prêmio que ele ganhou advém de muitos milionários perdedores.

    Faz parte e acredito que cedo ou tarde ele vai perceber que foi infeliz na declaração que deu, não pela opinião dele em si, mas pelo fato de ele ter prejudicado tanto a imagem do poker já que a premiação que ele teve vai lhe dar um destaque enorme na mídia em geral.

    E pra mim a maior hipocrisia de todas é – já que ele vê o poker dessa forma – ele permanecer seguindo essa profissão tão obscura e sombria do ponto de vista dele.

    Não está contente com a profissão meu caro? Acha que está prejudicando as pessoas? Então porque continua??? Vai ser feliz e deixa o esporte em paz com aqueles que o amam e tem prazer em escancarar isso.

    O Alexandre Gomes por exemplo, teve seu motivos pessoas para se desligar do PS, e que peito, “largou” uma carreira no auge pra defender seus propósitos de vida e tenho certeza que é feliz hoje na sua vida de modo geral! Isso sim é uma atitude digna de uma pessoa que não é hipócrita!

  9. Olá a todos,

    A minha opinião é que o Daniel Colman, essa máquina de dizer bobagens, mostra-se totalmente incoerente e absurdamente ingrato com o esporte que lhe tem garantido uma vida decente, ou seja, está cuspindo no prato que comeu.

    Irei enumerar alguns trechos do post dele e comentá-los.

    1. “Primeiro, eu não devo nada ao poker.” Como assim não deve? A única coisa que pelo visto você sabe fazer na vida é jogar poker. Inclusive você mora fora do seu país pelo fato da Black Friday tê-lo impedido de praticá-lo online por lá. Então você não deve nada ao seu país, à sua família, a seus professores primários, aos seus amigos e principalmente, ao Brasil, país no qual você vive atualmente, para praticar o esporte que você não deve nada de maneira tranquila e lucrativa?

    2. “Tive sorte o suficiente para me beneficiar finaceiramente deste jogo…” Sorte? Este cara começou no Poker em 2003. Estudou o jogo, o praticou exaustivamente por anos e tem a cara dura de dizer que teve sorte. Lamentável ter que ler uma afirmação destas de um cara que eu admirava. Deveria largar o Poker e jogar na Mega Sena. Afinal, a sorte está com você e com ninguém mais;

    3. “Não é um jogo onde os profissionais estão sempre felizes e vivendo uma vida satisfatória.” E quem está feliz 100% dos dias em toda a sua vida independente do esporte? O fato de ser profissional não significa que a pessoa seja feliz e que tenha uma vida satisfatória o tempo todo. Existem outros fatores envolvidos como: pressão, família e administração financeira. Isso, volto a afirmar, independente do esporte que você pratica;

    4. “Nunca, em um milhão de anos, eu recomendaria que alguém tente ser um profissional de poker.” Por que? Você tem receio de alguém se tornar melhor que você e abocanhar parte do seus lucros? A única explicação é esta. Todas as profissões têm seus altos e baixos. Ou existe alguma em que você só tenha alegria sem a necessidade de ter disciplina, esforço e muita prática?

    5. “Também não é um jogo onde os amadores estão sempre felizes em perder seu dinheiro por diversão.” Ainda não conheço alguém que esteja feliz em perder qualquer quantia. Seja por diversão ou não. O ser humano, desde os primórdios, não gosta de perder. Aí você choveu no molhado quereno justificar o injustificável;

    6. “Me incomoda que as pessoas se importem tanto com o bem estar do poker, já que o poker é um jogo que tem um efeito tão negativo nas pessoas que o jogam, tanto financeiramente quanto emocionalmente.” Engraçado o cara falar uma merda dessas praticando o Poker todos os dias de sua vida durante tantos anos. E mais, ficou rico jogando Poker e fala de “efeitos negativos” como o financeiro.

    O que me impressiona é o fato do Daniel afirmar categoricamente que ele foi o escolhido e que ninguém mais será capaz de se dar bem com o Poker. Daniel, não existe “Dom”. Existe disciplina, muito estudo, foco, esforço e trabalho duro. Se qualquer pessoa seguir estes passos à risca será uma pessoa bem sucedida, e isso não significa feliz, no Poker ou em qualquer profissão que escolher.

    Sejamos razoáveis. Vivemos em um mundo capitalista em que as empresas visam lucros, as pessoas estudam, trabalham duro para ganharem um bom dinheiro e poderem ter uma vida decente. E isso em qualquer profissão.

    Por que você, Daniel Colman, não doa o que ganhou para a caridade e se muda para Cuba ou para a Coréia do Norte? Lá existe “igualdade”.

  10. Grande Akkari!

    Sempre leio seus posts, não faço comentários, mas hoje não pude ficar “só lendo” pois é um assunto interessantíssimo. E compartilho exatamente da mesma opinião que você, o rapazinho campeão do one drop foi infeliz demais, beirando até o ridículo, mas não tenho duvidas que seja mesmo por inexperiência. Eu mesmo quando jovem (hoje tenho 36) também pensava um monte de besteira, tinha visões distorcidas, coisas que hoje eu digo “caramba como eu pude pensar isso um dia?”, mas não era por mal, era apenas falta de vivência… mas tem uma grande diferença, eu não saía por aí, e tão pouco tinha a visibilidade que ele tem, espalhando meus pensamentos toscos pro mundo inteiro ouvir, e foi isso que ele fez.

    Você foi perfeito quando escreveu “que aprendendo o poker pode não lhe dar dinheiro mas lhe trazer muito prazer de adrenalina e estratégia”… É exatamente isso! Eu jogo poker, estudo um pouco, vejo vídeos, acompanho torneios na TV e internet, discuto mãos com amigos, e isso me torna regular nas mesas, mas tudo isso como hobby. Essa semana mesmo postei em meu Facebook uma foto da entrega dos troféus para os 3 primeiros colocados do primeiro semestre de 2014 de uma das 3 confrarias de poker que participo, na qual eu fui o campeão, e como foi gostoso olhar as XX curtidas que a foto teve de amigos, alguns de outros estados, alguns ligados ao poker outros não, mas que tinham visualizado e curtido a foto. Como é gratificante olhar pra minha prateleira de troféus dos home games que participo e ver que eles estão ali, mas são sensações só minhas e que, possivelmente, só fazem bem a mim. São o resultado da minha dedicação, do meu esforço. Muito provavelmente ninguém aqui do blog até hoje sequer ouviu falar de mim, muito menos como jogador de poker, mas e daí? Devo me sentir diminuído por isso? Lógico que não!!! Pois só eu sei o bem que me faz olhar pra esses troféus todos dias, mesmo sem ser um troféu do BSOP ou do WSOP. Felicidade não se mede em escalas, o que quero dizer, é que não sou o campeão do WSOP mas sou o campeão do semestre da minha confraria de poker entre amigos e isso me deixa feliz!! “Ah, não é a mesma coisa…”, lógico que não, mas também é felicidade, e é a felicidade que move a vida!!! Como é gostoso olhar meus resultados e ver que sou regular e o poker permite isso. O campeão de futebol da várzea aqui da minha cidade não é campeão da copa do mundo, mas é o “GRANDE” campeão da várzea da minha cidade oras!

    Não vivo do poker, não pago minhas contas com dinheiro do poker, mas como é gostoso pegar os 500tão que ganhei do prêmio do semestre e ir pro shopping torrar tudo comprando um tênis novo, ou ainda como é legal pegar os 120 pila do prêmio de um torneio com buy-in de 10zão entre amigos e pagar a diarista no dia seguinte. Mas este não é o foco aqui, pois se não ganhasse iria comprar o tênis parcelado em 6x no cartão de crédito, e pagar a diarista com meu salário, o que importa é que estou VIVENDO o poker e as sensações que ele traz que não tem nada de sombrio como disse o garoto ali.

    Mesmo sabendo que tem alguns jogadores que jogam comigo não fazem idéia do que é check-raise ou nem sabem quantos outs eles tem pra ganhar uma mão, mas que estão ali nas quartas-feiras à noite, confraternizando com os amigos, comendo, bebendo, dando risadas e JOGANDO o poker, sentindo a adrenalina do jogo, sentindo o “medo” de tentar um blefe, sentindo a emoção e explodindo em gritos ao bater seu 1 out no river e puxar um grande pote, isso é VIDA! E se fosse pensar como o campeão do one drop então eu deveria ser rebelde e me revoltar pelo meu amigo que no final da noite vai pra casa sem ganhar 1 real, pelo contrário, ainda gastando 50tão do buy in e do jantar? Não mesmo!!! Esse meu amigo não ganhou nada em $$$ mas vai embora alegre pois ele ganhou muita coisa, ele VIVEU, ele estava ali sentindo todas as sensações que descrevi acima e isso não tem dinheiro que pague.

    Não sou profissional do poker, mas se eu quiser e tiver dinheiro pra isso, posso participar de torneios grandes que os clubes de poker da minha cidade promovem, é difícil eu ganhar? Sim, mas e daí? Só eu sei o que sinto e o bem que me faz estar ali, mesmo que só participando, e se perdi, vou embora feliz pois sei que joguei certo e se não ganhei foi porque perdi um “coin flip”… mas novamente repito, e daí? Isso não importa, importa que eu estava ali sentindo tudo aquilo, tentando, melhorando meu jogo, aprendendo, crescendo e no mínimo jogando algumas horas de poker, enfim, VIVENDO! Você mesmo Akkari, relatou que o WSOP até agora não fui muito bom em termos de resultados, e você como profissional pode até se frustrar um pouco com isso, mas no final das contas, você está aí, VIVENDO o WSOP mestre, e isso não é pouco, você sentou e jogou com lendas do poker ao seu lado, passou dias únicos em Vegas, sorriu, chorou, sei lá, mas viveu!!! Repito, felicidade não se mede em escalas. E afinal a vida não é isso? Temos que “curtir a viagem pela vida”, mesmo sem saber quando e onde ela vai terminar, mesmo sem saber se seremos os campeões, mas sim sabendo que fizemos o melhor e acima de tudo, que nos sentimos VIVOS.

    Um grande abraço mestre, e parabéns pela pessoa que você é e por, mesmo sem precisar, compartilhar isso com milhares de pessoas desconhecidas como eu, e pode ter certeza que suas palavras entram na cabeça de muita gente, e você não faz idéia de quantas! Boa sorte no Main Event e nunca esqueça que só por estar aí, jogando e vivendo o WSOP, vivendo sua história de vida, deixando sua marca, você já é um grande campeão do evento mais importante de todos, o evento VIDA.

  11. O cara falou o que achava.

    Certo para uns, errado para outros. mas a verdade e que ninguém pode julgá-lo em razão deste comentário.

    Muitos tem opiniões distintas e temos que respeitar.

    Esta historia de ser sempre politicamente correto no mundo atual e foda,,,,(desculpe-me a expressão).

    Egocentrismo? Talvez….

    Ingrato por um esporte que deu tudo para ele?Certamente.

    Agora – dizer que o cara esta errado em dizer isso…. nunca

  12. O cara não ter direito de ser socialista ou o que for, e jogar poker? Profissão é profissão… nem todo funcionário público defende o Estado (mais impostos, enfim), nem todo engenheiro civil defende o mercado da construção civil. Esta história de que ele deve gratidão é uma balela.
    Ele é muito bom na profissão dele e pronto. Ele não é feliz na profissão, e pronto. Isso é muito mais comum do que raro.
    E esse teu texto todo imenso aí demonstra como a declaração dele te tocou pesado… talvez por ter muito de verdade.

  13. André, primeiramente gostaria de ressaltar que admiro em você o carácter democrático com o qual você aborda as discussões aqui no blog. Todos tem o direito de pensar diferente. Dito isso preciso dizer que na minha opinião, os pensamentos que você transmitiu nesse post não são isentos. Talvez nem você saiba disso, porque é de seu instinto defender o meio do qual você tira seu sustento; mas a verdade é que mesmo que você concordasse com uma pontinha do que o Colman falou, você não poderia falar aqui.

    Você é um jogador patrocinado por um site que espera que você promova o jogo, mostrando o seus benefícios e o seu lado bom; e acho que todos do meio do poker concordam que você faz isso com maestria; a ponto de merecer a placa de funcionário do mês caso existisse isso dentro do PS. É muito facil entender porque você refutou, até com certa agressividade, o discurso de Colman; porque ele condenou aquilo que você mais faz: Promover o poker; e os sonhos que vem imbutidos nas fotos de campeão ou nos sites de “notícias” que na verdade só existem para vender essa ilusão, uma vez que são bancados para isso.

    A comparação do Poker com os demais esportes, no que tange ao mal que ele pode fazer as pessoas, é no mínimo ingenua. Você sabe que se buscarmos a realidade (e quando digo realidade me refiro aquilo que realmente acontece, não o que os sites de “notícias” de poker vendem) iremos encontrar milhares ou talvez milhões de pessoas no mundo que tiveram sua família, seu casamento, sua vida financeira arruinada por um vício relacionado ao Poker; e não adianta tentar fazer parecer que os demais esportes também tem esse potencial destrutivo. Concordo com você no ponto em que os demais esportes (tenis, futebol, etc) tem potencial para formar pessoas frustradas; aquelas que tentam ser profissional e não conseguem; mas é difícil achar pessoas que tem sua vida arruinada porque tentaram ser profissionais de futebol, tenis, etc..

    Enfim, gostaria dizer que esse desabafo não tem cunho pessoal; porque gosto de você como pessoa e pode ter certeza de que quando está no pano torço para você ganhar, genuinamente. Agora o que não concordo é com essa cultura no Brasil de mostrar apenas o lado benéfico do jogo (que também com certeza existe). O justo seriam os representantes do Poker fazerem igual Colman fez, expor quais são os verdadeiros riscos relacionados à atividade, pois o lado bom do poker todo mundo já conhece e é amplamente divulagado 24hrs pelos sites, profissionais e demais pessoas que tem essa incumbência; agora o lado sombrio (como disse Colman) todo mundo quer varrer pra debaixo do tapete. Se pudesse deixar uma dica aqui, seria para você refletir um pouco sobre o lado não tão bonito do Poker porque você parece ser um cidadão ético, preocupado em ser justo; então se de repente você entendesse que esse lado sombrio do Poker existe sim e não é comparável aos outros esportes como disse acima; isso tornaria você uma pessoa ainda melhor.

    Esta é apenas minha opinião.

    Grande abraço.

    • Bruno, compartilho da mesma opiniao que a sua.

      Um ponto que eu gostaria de acrescentar e que eh recorrente nos posts por aqui: Sobre a “ingratidao” dele com o Poker.

      Ele nao disse que eh ingrato, ele disse que nao DEVE nada ao Poker. Tudo que ele tem eh resultado do esforco e capacidade dele, da mesma que forma que qualquer trabalhador ou empresario tem que se esforcar para ganhar o seu sustento, por que alguem tem que dever (ou ser “grato”, para alguns) para a profissao que ele mesmo escolheu?

  14. o aakkari está certo analisando pela perspectiva x, e o carinha
    também está certo analisando pela perspectiva y.
    se ele tivesse falado mais a fundo sobre a perspectiva dele, que parte
    de um ponto de vista mais global, mais amplo, acho que não ficaria
    essa imagem de hipocrisia dele!
    uma analogia exemplificativa é o jornalista que pensa uma coisa sobre
    a politica mas que fala o contrario porque precisa do emprego, porque o dono da midia precisa de dinheiro dos patrocinadores, e nesses casos
    é possivel separar e ter um pé no mundo do capital e um pé em um futuro
    de mundo mais igualitário.
    é possivel continuar jogando o poker e ganhar dos jogadores mais fracos
    e ao mesmo tempo pensar em algo mais justo, de um anglo mais global!

  15. Rapaz, você está tão preocupado em defender o joguinho que nem leu o artigo do cara direito. 90% do que escreveu nada tem a ver com o que ele disse.

    Ele claramente é contra a publicidade agressiva do poker, da venda da ilusão em ser Winner, em alguém estimular depósitos em sites de poker porque viram a foto dele com 15 milhões de dólares.

    Disso você não escreveu uma linha…

    O Olivier Busquet disse q o Colman faz açoes comunitarias na Africa, e vai usar seu premio nisso, ele faz a parte dele.

  16. Como sempre… belo post Akkari. Concordo com todas as virgulas contigo e é bem como o Negreano disse, ele tem que fazer uma escolha, porque a mensagem que Colman deixou com isso tudo foi justamente de hipocrisia. Talvez lhe falte realmente essa experiencia de vida, mas penso “Errado é aquele que fala correto e não vive o que diz”. (o Teatro Mágico).

  17. Uma frase que gosto muito e vale para qualquer esporte.

    Por que há tanta gente fazendo a mesma coisa e somente poucos são bem sucedidos, atingem o ápice na carreira? Porque estes são os que realmente acreditam, e trabalham para isso.(Roger Gracie)

  18. Grande Akkari!!

    GL na jornada, e lembre-se: nem Jesus Cristo agradou a todos em sua época, quem somos nós para conseguir tal feito? Mantenha distancia de quem te joga pra baixo, e aproxime-se de quem faz voce evoluir como ser humano, o resto deixe que o tempo encaixa no lugar!

    vamooooooooooooooooooooooooooooooo

  19. Eu penso o seguinte… Aqui não temos ciências exatas onde em qualquer situação o quadrado da hipotenusa é igual a soma do quadrado dos catetos. Temos opiniões, distintas, baseadas em experiências distintas de vida, de duas pessoas que tiveram uma formação cultural igualmente distinta: o André e o Dan. Ambos tem o direito de dar suas opiniões, mesmo que sejam contrárias. E ambos devem ser respeitados, ainda que você concorde com um e não com o outro e vice-versa.

    Pela ótica do André, ele não concorda com o Dan pois seu discurso “Foi filosofia barata de fundo de quintal, uma tentativa sim de demonstrar uma humildade exagerada, ingratidão profunda por um mercado que entregou coisas demais para ele, e principalmente de uma hipocrisia enorme”. Essa é a interpretação dos fatos do André. É a verdade dele, em que ele ainda faz um julgamento de valor sobre um suposta promoção de humildade que, implicitamente, ele não concorda. Mas pode não ser a de outras pessoas. E isso é a coisa mais normal do mundo.

    Vejam como o mesmo fato pode ser visto de modo diferente: para o André, o Dan está sendo ingrato com um “mercado” que entregou coisas demais para ele. É uma visão válida.

    Mas o Dan, não concorda com ela, o que também é normal. Ele acredita que não deve nada ao poker enquanto mercado, pois o dinheiro que ele ganha tem como origem o bolso de outros jogadores que perdem, e não o “mercado”, que não depende de ganhadores e perdedores para ficar com sua taxa de rake como qualquer cassino, o que também é normal.

    Porém, existe uma pequena incoerência no que o Dan diz, pois se todo esse sentimento que ele demonstrou nesse post fosse profundamente verdadeiro. Ele deveria a partir do momento em que postou o texto, parar de jogar.

    Abraços a todos e ao querido batalhador de longa André Akkari, um cara 10 que merece tudo o que conquistou com muito trabalho!

  20. Primeiramente quando ouvi o Dan Colman dizer essa frase ´´ O poker é um jogo Sombrio “ . Falei para mim mesmo, até que enfim alguém começou a dizer algumas verdades sobre o Poker. Mais lendo agora esse artigo do Akkari continuo com o mesmo ponto de vista que tinha antes, mais com algumas reflexões sobre essa frase, qual esporte que não é sombrio ? Todos deram ênfase nos textos sobre o fracasso de muitos, mas ate mesmo o sucesso tem o seu lado sombrio, chegar ao topo, ser o melhor, acredito que é uma tarefa árdua, mas nada comparado a de se manter lá. O que eu quero dizer, é que colman diz que o poker é um jogo sombrio porque as pessoas perdem dinheiro investindo em um sonho que a probabilidade dele se realizar é muito baixa, quase nula, e normalmente elas perdem quase tudo que tem, mas se fosse assim, não haveria competição alguma na vida ou no esporte, pois todas as pessoas seriam vencedoras, e o mundo seria uma eterna utopia, porém a vida, e também em qualquer esporte é sim sombrio e tem seu lado negro, cada escolha que você fizer, haverá alguma renuncia, haverá perdas, e haverá ganhos ? Depende, como no poker, também a variância na vida, às vezes você pode até se dedica ao máximo, dar tudo que você tem de melhor para alcançar aquele objetivo, dinheiro, tempo, abdicar de muitos prazeres da vida, e aquele sonho que você tanto almeja não irá se realizar, sorte ? azar ? não importa, o que importa mesmo no fim das contas é o quanto você esta disposto a se sacrificar e a perder, pois o sucesso só vem com isso, quanto você esta disposto arriscar e a perder ate aquilo mesmo que você nem possui, meio sombrio não ? E quando você chegar lá você irá perceber que vai ter que continuar arriscando para se manter no topo, eu não sei quanto ou como é isso, pois ainda não cheguei lá, mas imagino o quanto deve ser difícil, falo isso pois estou montando um negocio, e estou gastando dinheiro, estou gastando ate aquilo mesmo que não possuo, vai da certo ? não vai ? Não tenho a menor ideia, a única coisa que estou aprendendo, é que em qualquer área seja no esporte ou na vida ambos são sombrios quando se almeja o sucesso! Também acho meio pesado chamar isso de hipocrisia, acho que toda a opinião de qualquer pessoa, nós mesmo devemos discernir e á partir disso aceitarmos ou não, mas mesmo assim por mais absurda que seja a opinião desse ou daquele deve ser respeitada, pode ser contestada, acho que até deve ser, como o senhor fez, sou seu fã e lhe admiro muito, assisto o senhor sempre, e nem por isso peguei todo meu dinheiro e sai apostando em uma mesa de poker, tudo na vida tem seu lado sombrio, mas viver desse lado é uma escolha sua. Grande abraço.. Lauri Antonio Padilha.

  21. Sou amigo pessoal ha 3 anos do Dan, e se tem um coisa que o garoto não é, seria hipocrita ou falso humilde…
    Em inumeras conversas com ele, consigo entender o pq disso tudo, sim ele está sendo conflitante, mas não deixou de ter peito de falar uma verdade que todos profissionais ganhadores tem medo de assumir… Poker eh mto bom pra ele e para quem vive disso, mas para grande maioria é algo negativo sim…Um “esporte” que mexe com a compulsão e descontrole de muitos…
    Não concordo com a maneira que foi dada essa “resposta” ao post dele, acho que a verdade do dan tem q ser respeitada, e sua pessoa jamais julgada por isso.. Todos nos vivemos conflitos, e se ele ta expondo um conflito dele, é problema dele..e se ele nao quer dar entrevista é problema dele também,… ninguém pode ser obrigado a nada.. e tb acho que ele n deve nada ao poker.. Ele senta num site, paga seu rake e joga,,, agradecer ao poker stars?? lol, ele eh cliente do poker stars, um dos maiores alias..como eh cliente dos torneios ao vivo pelo mundo… Mas eh isso, cada um com sua opinião, mas o respeito tem q prevalecer..mas entendo todos q vendem e ganham dinheiro com o poker e suas variantes, tem q ir contra mesmo o post dele…normal, afinal politicagem existe em todo lugar.. faz parte…
    e segue o baile.

  22. Akkari, acredito que o que o Daniel Colman quis “cutucar” foi sobre algo que vc comentou em 2006… Os Segredos do Online…não vou mentir, isso é meio complicado. Porém, ele acabou generalizando.
    Grande abraço.

  23. Corrigindo:
    Akkari, acredito que o que o Daniel Colman quis “cutucar” foi sobre algo que vc até chegou a comentou em 2006… Os Segredos do Online…não vou mentir, isso é meio complicado e obscuro. Porém, ele acabou generalizando.
    Grande abraço.

  24. Tambem me defenderia se visse alguém tentando atrapalhar meus negocios ainda mais de forma mundial, o poker num mes tem 30 dias de raiva e um de gloria,acaba com familias e com o homem,vendo essas imagens de riquesa e viagem fama, o tenis o kart sao esportes de pessoas ricas, jah vc nao vai ve um pobre tentando a vida no tenis…mas agora no poker ele pega o dinheiro da prestação e investe tudo nesse jogo de ilusão e sombrio…

  25. Acho que faltou bom senso por parte dele. Apesar que ser justa a opção de não dar entrevistas a mídia de poker, acusar o “Poker” de “jogo sombrio” e chegar ao ponto de causar triteza por ser profissional ja é demais. Embora tenha descoberto o Poker a pouco tempo, tenho orgulho do quanto me desenvolvi nesse tempo e tenho acompanhado vários torneios pela internet e não vejo nada de sombrio ou capaz de “afundar” financeiramente alguém. Vejo cada vez mais amigos se interessando pelo esporte e a estrutura dos torneios ficarem cada vez melhores. Talvez esteja na hora do Daniel cogitar uma consulta a um médico especialista!!!

  26. Pingback: Considerações sobre a polêmica de Daniel Colman no One Drop | METAPOKER

  27. Caro amigo AAKKARI,
    Cada vez mais te admiro, por ser tão focado no que faz, e por ser um cara sempre cordial, amigo, simpático e outras coisas mais. Agora especificamente neste post você foi completamente parcial e na minha humilde opinião, não entendeu o que estava por trás do discurso do rapaz.
    Por mais que o poker seja um esporte, e acho que poucos têm dúvida sobre isso, ele têm algumas características totalmente diferentes de outros esportes e outras profissões. vamos enumerar algumas:
    a) Em um mês ruim, você além de não receber salário, pode queimar seu patrimônio.
    b) A dopamina produzida num torneio ou numa sessâo de cash é assustadora e provavelmente viciante.
    c) Maioria dos grandes jogadores jovens jogam ‘acavalados’, mostrando que um grande investimento sem retorno pode quebrar um jogador.
    d) um esporte que o cidadão pode ser totalmente alheio a boa saúde , aos exercícios, ou seja, um nerd de computador. Aliás têm muita gente que caga para saúde fazendo sucesso no poker.
    e) Todo grande torneio de poker é feito em hotel cassino, provavelmente para viciar os jogadores, principalmente os tiltados.
    f) Quem milita no poker, sabe muito bem de vários casos de Brasileiros mestres em poker que derramaram todo seu bankrool em cassino ou mesmo jogando poker na internet.
    g) Por mais que o efeito sorte seja cada vez mais minimizado nos grandes campeões, no poker ele ainda é muito determinante para os jogadores que não tem uma amostragem muito grande de torneios.
    h) Queira sim , queira não, ainda é um esporte marginalizado em muitos países.

    Mesmo, com todos esses argumentos, continuo amando este esporte e praticando. Apesar dos meus 44 anos e sendo bem sucedido profissionalmente, em alguns momentos me perco emocionalmente numa partida de poker.

    Não escrevi isso para fazer ninguem desistir dos seus sonhos de ser profisiional de poker e sim para que todos conheçam um pouco das barreiras que virão pela frente.

    Sucesso a todos.

    UM ABRAÇO DO AMIGO WALTINHO.

  28. E uma pena que muitos pensam assim , a opinião do Daniel se baseia em um discurso pobre pelo esporte e muito pobre de amor pelo que faz li o post dele e também acho muito chato
    Mas e sua opinião imaginem o que seria do seu esporte favorito sem a mídia ? Sera sombrio a copa do mundo ? Sem levar a corrupção em conta na boa ouvir o hino sendo cantado e muito bom e assim em qualquer esporte no MMA os lutadores se matam mas no final se abraçam e vão tomar cerveja juntos e ai o que dizer ? Bem minha opinião e que ser humilde por mais que vc esteja por cima hoje para amanha não estar por baixo e sem amigos! Um abraço aakkari e boa sorte no main event

  29. Akkari, primeiramente gostaria de lhe falar que admiro muito o seu trabalho.
    Tive a oportunidade de ler o discurso do Daniel na integra e confesso que o achei bastante interessante, ele foge um pouco daquele discurso monótono dos campeões que dizem ter usado apenas o suas habilidades para ganha. Claro que a verdade dele machuca, principalmente as pessoas que vivem desse esporte como você, que é patrocinado pela a Pokerstars para promove-lo, penso que concordar ou discordar do que ele e você disse, depende basicamente do lado que a pessoa está, vencedor ou perdedor…

  30. Como vai Akkari? Sou jogador amador de poker, tenho estudado bastante e sei do poder que tem esse esporte. O poder competitivo, o poder de concentração exigido e de adrenalina. Também sei do poder da má gestão de bankroll, do vício desenfreado, do cansaço da visão.
    O poker é um jogo competitivo que envolve dinheiro e às vezes MUITO dinheiro. Poker no seu nível mais hard é sim um concentrador de renda. Por isso deve ser tributado. O é? Sim. Assim sendo não vejo problemas sociais quanto a isso da concentração da renda. Sim é um esporte que concentra menos renda que o futebol, por exemplo. Vide salários dos jogadores. A questão é mais como você leva o esporte, se for apenas dinheiro as coisas costumam desandar, costumam nos deixar egoístas, alheios às perdas. Mas também acho difícil alguém gostar de poker sem ele. Assim sendo acredito que não seja sombrio em si o esporte, porém é sabido que sedes das empresas nas quais geralmente jogamos recorrem a paraísos fiscais para localizarem suas matrizes. Estou errado? Assim sendo o que buscam? FUGIR DOS IMPOSTOS. O POKER É SIM UMA ATIVIDADE DE RISCO E É TRIBUTADO POR ISSO, TEM ESTRUTURA CONCENTRADORA. É DE TODO RUIM? NÃO, POIS O CARÁTER SOMBRIO NÃO ATINGE TODAS SUAS FACETAS. É UM ESPORTE IMPERFEITO COMO TODOS OS OUTROS. ACHO QUE É UMA QUESTÃO DE ESTUDO DA MEDICINA ESPORTIVA PARA ESTABELECER OS LIMITES SAUDÁVEIS DO JOGO.

    AFINAL A ROTINA É DE HORAS EM FRENTE À TELAS NÃO É MESMO?

  31. Imagina que além do rake que é pago por qq torneio jogado, tivesse que pagar imposto de renda por qualquer ITM? Aí não teríamos só 99% dos jogadores atuais quebrados e sim 99,99%. Poker é sim um jogo cruel. Acredito que o próprio Akkari sem os patrocínios estaria em apuros, não quebrado! Conheço boa parte dessa turma do Poker, muitos estão do lado sombrio do jogo. Virando madrugadas em casas de jogo, drogas, vida sedentária, etc.. Mas isso em vários outras atividades, aliás Poker pode ser tudo, mesmos esporte!! Esporte da mente? Vai pro inferno!!! Gosto muito de Poker, mas faço tudo, menos esporte jogando Poker!!! E quanto ao assunto do Daniel, ele está certo pq é a verdade dele!

  32. Se a verdade que ele conta fosse só dele, ela seria incompreensível para vocês. Toda a opinião de toda pessoa possui um pedaço de realidade que é compartilhado por todas as outras pessoas.
    Ele mostrou um pedaço da realidade que os marketeiros do poker tentam esconder.
    Quando você escolhe ser profissional de poker, você está abrindo mão de várias outras possibilidades que poderiam te fazer mais feliz: médico, engenheiro, advogado. É preciso ganhar muito dinheiro para compensar as escolhas perdidas, mas muitos poucos ganham esse dinheiro.

  33. O garoto (Colman) disse a verdade e a verdade doí! É sombrio sim e nem é esporte isso, comparar a um esporte tradicional onde se ganha saúde fora lesões mas vivi-se normalmente, logo o poker ganham algum dinheiro e abandonam senão ficam com problemas psicológicos.
    Criam algo muito diferente da realidade, muita ilusão e pouca verdade! Ponham a mão na consciência e pensem se faz mais mal ou bem o poker para as pessoas? Se a resposta for sim ele tem razão.

  34. Um lixo , eu jogo um torneio inteiro bem , levo Bad de AK pra AQ , bate rei porém flush pro adversário, na mesa fina no for hand de QQ no big, o cara shovaaaa no bt AJ , eu call , flopp JJ 8 turn 4 River A , kkkkk me diz qual a habilidade desse jogo ? Isso é coisa do capeta , tem 1ano que eu jogo essa DESGRAÇA e minha vida é só um atraso, o Poker stars , sem duvida o soft é manipulado e beneficia alguns jogadores um lixo essa desgraça é jogo de SORTE.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s