Os regs brazucas invadiram o Chile!

Os regulares brasileiros invadiram Vina del Mare aqui no Chile. Incrível como tem jogador bom do nosso país aqui neste evento.

Ontem joguei o dia 1A e graças a Deus passei bem, muito feliz com meu jogo, cometendo muitos poucos erros o que resultou em um stack bem grande para o dia 2 que acontece amanhã.
Junto comigo passaram grandes brasileiros também, Goiaba, Padilha, Decano, muita gente boa de game que passou com mais de 100 mil fichas, fora Bruninho, Miro, entre outros monstros que passaram bem em fichas também. Além destes profissas tem mais Kovalski, Ratito, Vini Fenomeno, Murilo, Trigolleti, Pitão, Kremate, Rafael, Mateus, Fviana, Vitor Sbrissa, Marcelo Asencio, Chenaud, Breda, Bruno, Sergio Braga, Ale Braga, estes que eu vi, fora os que estão lá no salão agora que eu ainda não encontrei mas que se juntam a nós no dia 2 com certeza.

O meu dia 1 foi como deve ser um LAPT, mesa tranquila, jogadores cometendo erros atrás de erros, jogadas inexplicáveis mas ainda bem que consegui controlar minha ansiedade para pega-los nas horas certas. Quando você vê muito cara fraco na sua frente a sua vontade imediata é jogar todas as mãos e tentar ganhar fichas o mais rápido possível mas isto é um erro amador. O grande segredo é paciência, auto controle e inteligência técnica. O field do LAPT alimenta demais esta sensação de desespero porque se você não pegar as fichas dos malucos algum outro ira pegar mas isto normalmente não te leva a lugar nenhum a não ser no balcão de reentrada.

Ontem joguei calmo, inclusive no primeiro e segundo nível assisti até “12 anos de escravidão”que por sinal, que puta filme animal, e depois dos blinds já terem “antes” aí sim comecei a soltar o braço como deve ser. Nos últimos blinds aí eu soltei os cachorros de vez, level 7,8,9 e 10 devo ter jogado pelo menos uns 40% das mãos, justamente onde os caras já começam a desacelerar para querer pegar o dia 2 foi onde eu despontei. No level 7 eu estava com 80 mil fichas no 10 eu já tinha passado das 130 mil.

Infelizmente acabei eliminando perto do final do dia meu parceiro Nicolau, só não fiquei tão triste pq ele já estava disposto a dar reentrada já que durante o dia apanhou bastante do baralho e não consegui fazer um stack para garantir um bom dia 2, quando é assim tem mesmo é que sair pra jogo tentar ficar grande ou voltar para o dia 1B e refazer toda a história.

Hoje foi um dia de puro descanso, eu e meu grande amigo Pedro Padilha fomos comer em um restaurante chamado Terra e Fogo, que por sinal, pela madrugada, que comida maravilhosa, depois voltei para o quarto para fazer uma planilha dos jogos lives que vamos investir até o meio do ano no Akkari Team para apresentar aos atletas na próxima segunda feira, em seguida fui relaxar e assistir um documentário do nascimento da NIKE, agora escrevendo blog e indo pra cama as 23 horas para descansar bastante e amanhã arrebentar tudo, este é o plano.

Quero mais uma vez agradecer as centenas de mensagens de apoio que recebo em cada uma das minhas aventuras nesta carreira, vocês são fodas demais, muito obrigado mesmo!

Grande abraço a todos,

André Akkari

12 comentários sobre “Os regs brazucas invadiram o Chile!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s