Quer um patrocínio? Trabalhe!

E aí galera? Tudo beleza?

Bom, por aqui esta tudo ótimo, hoje tive o dia de folga das gravações em Barcelona e aproveitei muito bem, aluguei uma bicicleta e saí pedalando por toda a cidade.

Vou repetir este processo em todas as cidades que eu passar, definitivamente não existe um jeito melhor de conhecer os lugares. De bicicleta você entende o funcionamento da cidade, vê as pessoas normais, para a hora que quiser, continua a hora que quiser, é show de bola, isso sem contar que ainda coloca a saúde em ordem. Tudo o que você pensar sobre isto gera benefícios.

Entretanto, não é esta a razão do meu artigo de hoje. Durante o dia pensei bastante sobre o poker no Brasil, o futuro, e conversando com alguns amigos resolvi escrever este artigo que promete ser polêmico mas acho que pode ajudar bastante gente que pensa em crescer no poker e ajudar a levar este esporte para frente.

Por que temos tão poucos jogadores patrocinados no Brasil?

Eu tenho uma boa ideia da resposta, não significa que eu esteja 100% correto mas acho que vou conseguir dividir com vocês e então vocês tirem suas próprias conclusões.

Primeiro devemos chegar as conclusões do que as empresas comandantes do poker no mundo esperam de jogadores para que se torne interessante os patrocinarem.

Tenho muito contato com o mercado internacional de poker e nos últimos cinco anos venho acompanhando alguns casos de sucesso em termos de patrocínio, raros, mas existem, e centenas de casos de fracasso e gostaria de compartilhar um pouco da minha experiência com vocês.

A maior parte das empresas que podem oferecer um bom patrocínio para um jogador de poker profissional vem do mercado de jogos diretos, os poker rooms mesmo, e ainda podem vir de clubes de poker ao vivo, casinos que organizam eventos de poker, e sites de apostas esportivas. Dentre estas categorias, as do site de jogos mesmo é disparada a maior delas. Os Casinos investem em jogadores principalmente nos EUA onde a grande intenção é trazer jogadores de poker pois sabem que tendo eles lá dentro a chance de eles engatarem nos jogos de casino aumenta demais, já os sites de apostas por ainda não terem um regulamentação efetiva acabam não investindo tanto quanto as outras categorias, principalmente na América do Sul. Já na Europa é diferente, como no velho continente praticamente todos os mercados já regulamentaram todas as atividades tanto ao vivo quanto online, incluindo sites de poker, de apostas, e casinos em geral, aqui na Europa vale mais a pena este investimento.

Para o Brasil e América do Sul chegamos a conclusão que estaremos dependentes dos sites de poker e de empresas fora do poker que somente agora estão abrindo suas mentes para este nicho de mercado.

Entretanto, a total falta de preparo dos jogadores de poker para serem alvos de patrocínio faz com que esta área seja ainda de crescimento ínfimo no nosso país.

Nos anos de 2005 até 2009 os sites de poker tinham intenções diferentes para procurar seus patrocinados. O principal alvo eram os vencedores, se você ganhasse o Main Event da WSOP suas chances eram praticamente 100% de assinar um contrato, se você ganhasse um EPT ou WPT suas chances eram muito boas, principalmente se você fosse de um mercado emergente. Os sites utilizavam sua imagem de vencedor e com ela alimentavam o sonho de dezenas de milhares de pessoas de tentarem fazer o mesmo que você conseguiu, transformar poucos doláres em milhões, com isso muitas contas eram abertas e se transforma em benefícios para o próprio site.

Depois de 2010 esta história começou a mudar, os sites acordaram. Eles perceberam que pegar somente campeões era o pior investimento que eles poderiam fazer. O cara que acabou de ganhar 8 milhões de doláres não está afim de fazer porra nenhuma, comercial de tv, blog, vídeos, coletivas de imprensa, nada! Ele quer gastar o dinheiro dele, fazer a festa, comprar coisas, pensar em investimento, não quer ficar ocupado em atender fãs e mostrar para o mundo como o poker pode ser legal, saudável e etc.

Somente pegar o vencedor não significa que o poker vai ser levado a sério, mesmo por este campeão, em sendo assim, você até consegue um retorno para a sua marca no curtíssimo prazo mas depois aquilo vai desaparecendo e você não ganha nada no médio e longo.

Com a solidificação do conceito de poker como jogo de habilidade, como esporte da mente a partir de 2010, os sites perceberam que você não precisava mais pegar somente os campeões dos eventos, você precisava patrocinar embaixadores do poker, vencedores também, mas em âmbito geral, pegar pessoas que levassem conceitos técnicos e colocassem o poker como algo importante em suas vidas e assim as compartilhando iriam gerar seguidores e adeptos ao esporte, fazendo assim com que resultados mais sólidos fossem gerados em suas receitas. Se por acaso você conseguisse juntar campeões com embaixadores, aí seria perfeito, mas ganhar não era mais primordial para se conseguir um bom contrato, era primordial ser vencedor o que é completamente diferente e mais sólido do que ganhar um grande título, porém saber se expor, ter um bom discurso sobre poker, defender conceitos e compartilhar técnica era vital para um bom contrato.

Dito isto, o Brasil não percebeu esta mudança, nem estas estratégias adotadas pelos sites de poker e com isso a atenção foi voltada cada vez mais e maior, para cada vez menos pessoas.

Jogadores brasileiros e da América do Sul ficaram travados nos conceitos pré 2010, achando que o importante era apenas vencer, se eu der um “big hit” ou seja, ganhar algo grande, eu consigo um patrocínio, enquanto isto não acontecer ninguém irá olhar para mim. Um erro terrível, quase que uma bela desculpa para preguiça, um comodismo confortável. É como aquele amador que culpa a perda do AA para o 22 para provar que o poker é um jogo de azar.

O patrocinador procura comprometimento do jogador com o seu esporte, com a sua carreira. Ganhar é preciso mas é preciso muito mais que isto. Você precisa defender o seu esporte mental, expandir seus horizontes, dividir com as pessoas o que te faz ganhar, o porque que você senta com os seus amigos de final de semana e defende que poker é um jogo de habilidade. Isto não acontece somente no poker não galera, isto é em qualquer área. Quantos são os jogadores de futebol que tem grandes patrocinadores. Você vê caras que não se esforçam, que não trabalham fora das quatro linhas, que falam “probema” ganhar grandes patrocinadores? É claro que vencer é fundamental mas quantos deles não vencem e tem seus nomes ligados a grandes marcas como Adidas, Nike e etc.

Entretanto o futebol atingiu um status no mundo completamente diferente do poker, a explosão do poker foi agora, o futebol já é o esporte das multidões a dezenas de anos. O poker precisa muito mais de embaixadores trabalhadores do que o futebol, talvez por isso o fato de você apenas ser um Neymar já te arrecada bons milhões de patrocinadores e as vezes no poker um Moorman não consegue muita coisa, mas mesmo assim, o trabalho do Neymar fora dos campos é infinitamente mais bem feito do que o de Morrmans da vida que só pensam em suas sessions online, não o condenando mas é assim que funciona. Lembrando também que o esforço de atletas do futebol para ensinar pessoas a jogar não precisa ser 1% do que deve ser o do jogador de poker, existem milhares de escolas de futebol ao redor do mundo fazendo este trabalho para eles, quanto menos explicar o quanto a sorte influencia no futebol, um trabalho desnecessário pelo conhecimento vasto da sociedade para este esporte. Já no poker não é bem assim!

Não quero aqui condenar os jogadores de poker que só pensam em jogar e não tem interesse em patrocínios, estes nem precisariam estar lendo o blog concordam? Acho muito louvável o cara só querer o retorno nas mesas, meu artigo vai para quem gostaria de ter um patrocínio e não conseguem e para os que almejam isto no futuro.

Ser a cara da abertura de um novo esporte mental para a sociedade é fundamental para você conseguir um bom patrocínio, ter seu blog atualizado, ter um bom discurso de defesa do poker, dividir seu lifestyle caso ele seja saudável, não se meter com drogas, pensar em levar uma vida minimamente saudável em conjunto com a prática da sua carreira e o mais importante mostrar o porque o poker é da habilidade diariamente ganhando e declarando em entrevistas, cursos, aulas e etc é o que fará você conseguir o seu patrocínio.

E por que conseguir um patrocínio?

O patrocínio te ajuda a diminuir a inimiga do jogador profissional, a variância! Se você planeja jogar 20 torneios ao vivo no ano e um patrocinador pagará 10 destes onde você estará freerolando isto será muito importante no seu plano de carreira. Se você conseguir ainda com que ele te potencialize na mídia para você conseguir arrumar outros patrocinadores que possam incorporar um salário para a sua carreira, jogadores com as contas pagas rendem mais, pessoas com as contas pagas rendem mais, então será muito importante na sua carreira.

Para que isto aconteça você terá que se privar de algumas coisas. Infelizmente suas redes sociais não podem mais ser tratadas como as de um cidadão normal, você precisa ser estratégico, não hipócrita mas estratégico, um cara manda uma mensagem dizendo que você é um donkey, imbecil e ainda por cima é feio pra cacete, infelizmente você não poderá responder a altura, ou o cara ve que você é Corinthiano ou Palmeirense e manda você pra casa do c… seu gambá imundo ou porco sujo, você terá que dar risada atrás do computador e não devolver os elogios e coisas deste tipo farão parte do seu dia a dia.

Se vestir minimamente bem ajudará, não fumar e não beber também, praticar exercícios seria bom mas não muito também, caso contrário ninguém irá querer ser jogador de poker, pois este é um esporte mental e não físico.
Você ainda terá a missão de aguentar a inveja dos outros, mas isto é parte do que qualquer sucesso nesta vida acarreta, mas aprenda a se acostumar com isto, pessoas que não conseguem fazer o que você faz tendem a serem cobradas pelos outros, e assim a saída não inteligente delas é atacar quem consegue, é sempre assim e portanto mais cedo ou mais tarde bate em você. Sua missão é matar no peito e sair jogando como faz todos os dias com suas missões de jogo ou de rotinas ligadas ao patrocínio.

Um ponto dos mais importante é a sua rotina. Se você dedica 8 horas por dia para o seu jogo, prepare-se, agora você precisará dedicar as mesmas oito e ainda mais 2 ou 3 horas para blogs, vídeos, aulas, cursos, entrevistas e etc. Alguém vai pagar o pato além de você, sua familia ficará desapontada em um primeiro momento, sua namorada vai brigar, mas se você tem um plano execute-o e aos poucos as pessoas que você ama irão compreender que este esforço em prol do futuro delas e assim irão lhe apoiar 100%.

Tudo isto ser perder a autenticidade, ser você mesmo é importantíssimo, mesmo assim pessoas irão lhe acusar de ter perdido, de ser marketeiro, mas não importa faça o que você julga correto e o universo corresponderá, se você não for original aí eles te derrubam com facilidade. Sua arma é ser você mesmo e se você for de fato uma boa pessoa aí tá sem goleiro, se você não tiver muitas tendências a fazer o bem, mude o mais rápido possível.

Para começar é fácil, vá em wordpress.com ou blogspot.com e comece o seu blog, conte suas tristezas e alegrias diárias, levante seus pontos de vista para discussão, atenda bem que te segue, pense mais em evoluir e construir do que destruir, conte como você está encarando seus desafios, você não precisa gastar nenhum centavo para isto, depois vá no youtube e crie um canal de vídeo e faça-os rotineiramente. Aos poucos as pessoas vão se familiarizando com você, muita gente está na mesma situação e aos poucos se você realmente tiver um empenho especial você irá se sobressair. Convide seus amigos do facebook e twitter a acompanhar a sua saga, tenho certeza que muitos lhe darão carinho e incentivo a continuar e aos poucos voltam dia após dia para acompanhar o seu trabalho.

Você pode estar se perguntando o porque estou fazendo isto certo? Por que quero concorrentes?
Não existe concorrência, este mercado que estamos é minúsculo, não ter ninguém que faça as coisas bem feitas só me prejudica como atleta. Se tivéssemos mais uns 10 ou 15 Akkaris, Pessagnos e alguns outros que não quero citar o nome porque também não fazem muita coisa, o poker seria outro no Brasil, seria o que vai ser daqui uns 15 anos onde eu não mais estarei atuando como profissional como atuo hoje, espero já estar em uma velocidade mais leve, mas se fosse, eu estaria lucrando muito com isto.

Os próximos anos do poker serão marcados pela entrada de empresas como o Facebook, Google entre outros gigantes do mercado de internet. Já passou do tempo de eles entrarem no mercado de jogos online com força total, e os gigantes online como PokerStars entre outros só tendem a crescer ainda mais sua abrangência, seu alcance na sociedade, e isto trará inúmeros benefícios a quem estiver preparado. Talvez eu tenha feito a estratégia certa na época errada, a época de ouro dos jogos online está apenas começando e irá cair no colo de quem estiver preparado, mas para isto você precisa começar agora.

Para não dizer que tudo são apenas palavras, nos próximos meses eu mesmo começarei um projeto de patrocinar jogadores, é isto mesmo, irei junto as empresas que comando convencer meus sócios na TvPokerPro, CT Superpoker, Superpoker, MeBeliska, MasterMinds, QG Akkari Team de começarmos um processo de investimento em marketing através aliarmos nossas marcas a pessoas físicas, a atletas de verdade. Não sei qual empresa ainda vai aderir mas vou fazer meu máximo para este começo. Não precisam ser grandes ganhadores de títulos expressivos mas sim vencedores no jogo e preocupados com suas imagens sendo embaixadores do esporte mental poker. Vamos começar devagar e tentar ampliar aos poucos. Não vou montar uma agência de jogadores, nem tenho tempo para isto, quero que jogadores bem preparados marketeiramente promovam nossos produtos!

Se você já é profissional você esta anos luz na frente, mas mesmo assim você pode perder seu tempo invejando os que fazem, invejando outros que trabalharam muito para chegar aqui, culpando ou julgando as atitudes dos que batalham, ou você pode começar hoje uma nova rotina de trabalho dobrado, de turno de 24/7, ralando e buscando uma imagem saudável para os atletas deste nosso esporte e assim em pouco tempo você será recompensado como eu, Negreanu, Jason entre outros que descobriram como transformar o poker em uma atividade lucrativa dentro e fora das mesas, na verdade, depende apenas de você! E aí, call ou fold?

Grande abraço galera,

André Akkari
PokerStars Team Pro

64 comentários sobre “Quer um patrocínio? Trabalhe!

  1. Call!
    Sei que o arquivo é antigo, mas texto como esse continua sendo atual.
    É incrível fui lendo e me identificando, eu estou batalhando um patrocínio, batendo na porta de várias empresas exaltando que o nosso esporte é um esporte da mente, crescendo cada vez mais nas mídias, que o investimento inicial é baixo em relação à outros meios de divulgação da marca.
    Outro ponto importante, no caso dos torneios live é o número de pessoas que estarão visualizando a marca, falando em torneios médios, pelo menos 200 pessoas.
    Enfim eu me considero um embaixador do poker, continuo e não vou deixar de batalhar, pois uma hora vai chegar. Sigo estudando, assistindo vídeos, me atualizando, cuidando da saúde (não fumo e nem bebo), buscando sempre o equilíbrio. Pois se a oportunidade aparecer hoje, não me pegará de surpresa pois estou pronto!

  2. Raise kk , cara admiro mt teu trabalho e lendo essa sua publicação eu me inspiro a continuar com minha jornada, digamos q sou um mero bebê no mundo do poker , comecei a jogar não tem nem um ano e a cada dia cara me apaixono mais pelo esporte, mesmo sem ter nenhum grande resultado. Mestre pode até não parecer mas esse post me motivou mt e tenho certeza q motivou mts outros também , dessa vez não vou ser mais vitima do comodismo .
    Pretendo um dia ser jogador profissional e lhe superar ,enquanto esse dia não chega eu so tenho q aprender com você , vlw por tudo .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s