Power Poker!

E aí galera!

Hoje joguei o dia 1B do UKIPT Main Event, o evento nacional aqui na Inglaterra por sinal um “sr” evento. O salão é muito legal e a organização estava impecável.

O PokerStars mandou bem demais de colocar estes eventos nacionais junto com as etapas do EPT, isto muito a vida de quem vem de longe. Você pode jogar mais eventos tentando assim diminuir a variância, a viagem fica bem mais aceitável em termos de custo, investimento.

Acabei caindo no final do penúltimo level de blinds entretanto fiquei feliz demais com o meu dia de poker.

Você tem alguns indícios técnicos que esta jogando um bom poker;

– Aumenta demais o índice de “check”contra você.

– As pessoas evitam o seus blinds.

– Sua taxa de tomar tribet mesmo estando muito ativo na mesa não aumenta.

– Quando lhe dão call no flop foram de posição, choram para executar, pensam demais, pq sabem que vem bomba no turn, e no turn foldam rápido.

– Seus tribets passam, não passam rápido pois é como se fosse um pedido, uma ameaça de seus adversários para que você escolha outra vítima.

– Os blinds foldam rápido para os seus bets ou no máximo defendem dando call, dificilmente raise.

Estes são alguns dos pontos que mostram que você esta bem posicionado na mesa, que tem o respeito da mesa.

Para que serve isto?

Única e exclusivamente para ganharmos pote sem “showdown”, ou seja, sem mostrar as cartas, para fluirmos nosso jogo em blefe e não em valor.

É aí que cabe o equilíbrio de um bom jogador de poker. Como no começo de torneios você não deve ficar blefando a torto e a direita, o grande “Power Poker” é saber construir esta imagem no começo e usa-la no futuro próximo.

Sempre tive um defeito declarado, jogar muitas mãos no começo no torneio e quando se joga muitas mãos sem construir imagem as vezes as coisas não funcionam como esperado. Você acaba sentindo que tem vantagem contra o seu adversário mas como eles se revezam e são muitos, os potes são sempre com mais de um pois ainda tudo é muito barato, você acaba tentando forçar situações desnecessárias, que seriam plenamente lucrativas nos blinds intermediários e avançados, e sendo assim, você acaba caindo.

Hoje adotei uma estratégia diferente, parece um remédio para imbecil mas não é, ao longo dos últimos torneios venho estratégicamente acompanhando o comportamento de caras que costumam sempre ir longe em torneios ao vivo, e a maioria deles vem adotando algo inusitado. Assistindo filmes ou séries durante os primeiros níveis de blind!

Pois é, parece babaca né, mas acho que é uma solução perfeita para saciar a sede dos primeiros três níveis de blind.

Hoje assisti WISDOW, por sinal, um dos melhores documentários que já vi, aconselho todos vocês a correr para assistir.

Isto não significa que eu abri mão de jogar ou prestar atenção nos três primeiros níveis, mas significa que eu no momento em que eu não precisava me expor demais por falta de ação e não me expus. Fiquei com um olho na mesa e um olho no documentário. É óbvio que isto tira a atenção 100% da mesa, mas é justamente esta a intenção. Ficar com a atenção na mesa em um início de UKIPT, BSOP, LAPT faz com que você veja tanta gente jogando mal, se equivocando nas ações que automaticamente seu cérebro te implora para criar “spots” contra eles, desta forma você acaba abrindo mão de dar esta iniciativa para a sua mente maquiavélica kkkk…

Não estou defendendo isto com unhas e dentes mas hoje funcionou como uma sinfonia, um plano arquitetado do começo ao fim que teve sucesso absoluto. Só não foi coroado com um stack enorme para o dia porque acabei tomando um dois outs de JJ x 99 que finalizou o dia.

Joguei algumas mãos bem importantes nos três primeiros níveis, todas elas por valor, criando situações de abandonar o IPAD em alguns momentos e automaticamente ganhando o respeito da mesa. É isto mesmo que eu quero, quase declarar que existe valor neste começo, não tem problema. depois do terceiro ou quarto nível vou usar isto ao meu favor.

Para quem vem do online jogar apenas uma mesa é quase uma tortura, você precisa ter mais botões para clicar e talvez ludibriar seu cérebro seja uma grande sacada. Vejo Erick Seidel, Daniel Negreanu, diversos jogadores muito fortes fazendo a mesma coisa, não custa experimentar certo?

Quando veio o quinto nível de blind, aí sim eu abri a caixa de ferramenta e em poucos minutos eu pulei de 28.000 das 20.000 que começamos para 62.000 sem showdown. Vinha de tribet, tribet light, bet e cbet, bet cbet e second barrel, call e lead, call e check raise, tava tudo dominado.

Durante todo o torneio tive um Italiano na minha mesa muito ruim, um jogador que tinha uma agressividade um tanto quanto perigosa mas que não fazia ideia o que estava fazendo, acabei tomando um blefe grande dele, onde ele abriu MP1, tomou call do st do cut off eu tribetei os dois de K4off, voltou nele e veio micro 4bet, eu 5bet e ele call, flop Q23 duas espadas, ele check eu bet de 8200 deixando 31.000 para trás e ele com 24.000 no total, ele veio all in e eu claro foldei para delírio do homem que me esfregou um KJ off, mal sabe ele! Entretanto, acho que até a comemoração dele com um grito que gerou gargalhada na mesa veio para me agradar. Óbvio que fiquei triste de perder o pote mas fiquei feliz em saber que eu estava irritando tanto ele os outros da mesa.

O berro dele foi “Enoughhhh!” huahauau, tem como não tem prazer com isto? (enough = chega)

Depois disto este mesmo Italiano ficou gigante com mãos absurdamente mal jogadas e eu crescendo do outro lado só esperando o momento de dar o bote no “macarroni” mas infelizmente não veio nenhuma boa oportunidade kkkk!

Puxei um outro pote bem grande quando o cut off abriu e eu dei call no botão de 1600, o big que também já estava de saco cheio de tanto tomar bet tribetou para 5700, o cut off foldou e eu dei call de 99, flop 567 ele bet 6.000. Normalmente este tribets muito grandes de caras sem posição que não sejam muito fortes engatam em um range de Aj+ 99-QQ, o KK e AA não joga assim de cara médio. Quando o cara é muito bom o AA e KK entram no pacote na minha opinião até para simular mesmo a forma de jogar de um cara médio. Eu dei call e o turn veio um 3 sendo a segunda de copas. Ele deu check, daí pra frente a mão começa a ficar exposta já. Se for 99+ até QQ ele nunca dá check raise, quase sempre fica com medo das trincas, eu bet 7500 ele tanka uma vida e ameaça foldar antes de anunciar raise para 17.000. Aí me pegou. Não consigo enxergar nada que eu esteja perdendo. Dei call, e river T ele check e eu check. Ele nem quis mostrar e muckou as cartas. Este foi o momento que subi para mais de 60.000.

Entretanto, possivelmente sem construir uma imagem no quinto e sexto nível não teria tido esta ação nesta mão. Para ele muckar a mão dele rapidamente é pq nem AK e AQ era, se não ele poderia apresentar achando que poderia ganhar de A high, ou seja, foi um completo resultado de níveis e níveis de pancadaria que o induziram a estourar do BB light desta forma.

Agora amanhã é descanso, passear com o Ariel Bahia por Londres, conhecer uns lugares famosos, comer bem mas barato, pq aqui é caro pra cacete e no sábado jogar o High Roller de 2100 libras. Ganhar este High Roller que promete ter um nível mais complicado que o Main Event e depois jogar o Main Event do EPT Londres e aí sim correr para o abraço.

De qualquer maneira o objetivo é vencer, sempre, mas a grande missão é sempre jogar melhor. Meu empenho diário é nisto, aprimorar meus conhecimentos dentro e fora da mesa, tudo influencia, tudo conta quando se quer jogar poker bem, conhecer pessoas é o maior dos patrimônios, que continue esta luta enquanto ela nos der tesão, e hoje dá muito!

Grande abraço galera!

André Akkari

12 comentários sobre “Power Poker!

  1. Grande Akkari,

    Eh monstruoso o aprendizado que temos com os seus posts e os pensamentos sobre as maos que voce joga. Continua que ta bom assim!

    Abs e bom jogo ai!

  2. Realmente vc se “desligar” da mesa ajuda e muito! E isso funciona mesmo pq mtas vezes vc tá light contra um donk justo na hora que ele tem AA, KK… aí é osso, frustra qq um principalmente em começo de torneio… Valeu as dicas mestre!!!! Boa sorte no High Holler!! Pra vc e pro Ariel!

  3. GL akkari, espero que vc faça um otimo ept aí em londres, acho muito legal seus posts com seu raciocinio sobre as mãos que vc joga, aprendo muito sempre que leio seus posts, nunca deixe de postar, abraçoe muita sorte.

  4. Ótimo post, Akkari. Eu também “sofro” desse mal de ficar buscando spots no começo do torneio. Vou tentar me desligar também…
    E um ótimo EPT pra você, traz essa pro Brasil !

  5. É isso ai, akkari realizando sonho de muitos jogadores que estão iniciando assim como estou, esses posts são muito importantes pois alimentam nossos sonhos…quem sabe um dia estarei no mesmo nível…abraço a todos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s