Um dia especial para o poker brasileiro

Estou muito feliz galera! E se você gosta ou vive do poker fique também,  hoje demos um avanço muito grande rumo a ampliação da nossa representatividade no país.

Acabou as 17 horas na cidade de Limeira em São Paulo a primeira aula da disciplina Fundamentos do Poker na UNICAMP.

Pode parecer para muitos um exagero da forma com que celebramos esta iniciativa mas somente quem está no poker há tanto tempo, batalhando pelo entendimento das autoridades e da sociedade em relação a nossa prática pode entender este sentimento e comemorar o fato junto conosco.

Chegamos para a aula, eu e o fiel escudeiro do poker brasileiro Igor Federal por volta das 14 horas, a aula estava marcada para este mesmo horário. Quando entramos no novo e moderno campus da UNICAMP não vi muito gente, como a informação que eu tinha era que mais de 200 pessoas se inscreveram para a disciplina e somente 130 vagas estavam disponíveis, achei estranho na área de descanso e da lanchonete um movimento tão baixo.

O Cristiano Torezzan finalmente nos disse para irmos em direção a sala de aula pois já haviam pessoas nos esperando. Quando chegamos na sala foi realmente incrível. O Igor não me falou nada no momento mas dava para ver a emoção e se bobear até lágrimas nos olhos dele. Eu fiquei assustado com o número de alunos que estavam na nossa frente, já todos ansiosos e preparados para começar a estudar poker em uma das universidades mais importantes do nosso país. Por mais que eu já sabia da inscrição de 130 pessoas, quando você vê 130 pessoas é completamente diferente, pareciam 300.

Passei pelo menos uns 10 minutos viajando ali, olhando uma galera de 18 a 20 anos, uma meninada no bom sentido. Fiquei lembrando as primeiras aulas que fiz na PUC de SP, lembrando quais eram os meus objetivos naquele momento, quais eram meus sonhos e o que me levaria e me matricular em uma aula deste tipo caso tivessem criado isto antes.

Eu lembrei na pele qual era o sentimento de se assistir aula na faculdade. Lembro que eu tinha umas 10 disciplinas diferentes, mas a maioria delas pra ser sincero eu não prestava muita atenção nas aulas, uns professores meio retrógrados, uma coisa burocrática que não me adrenalizava muito, mas por outro lado umas duas ou três aulas me prendiam 100% da atenção, eu esperava a semana inteira para poder assisti-las e ficava com o olho esbugalhado ali na frente daqueles professores tão competentes. O maior exemplo que lembro bem eram as aulas de Teologia na PUC, ministradas possivelmente pela pessoa mais inteligente que já conheci na vida, o filósofo Mario Sérgio Cortela. Assistir aquele cara era fantástico, alunos de outros cursos invadiam a classe somente para ver o homem falar.

De repente eu me atentei a cara daqueles alunos da UNICAMP e vi que a atenção deles estava máxima, nego nem piscava a cada palavra que o professor Cristiano soltava detalhando como funcionaria a disciplina POKER por lá. Aquilo me deu um tesão tão grande que minha vontade era abrir mão da rotina pesada que tenho todas as semanas e me dedicar a ensinar o máximo que eu pudesse aquela galera todos os benefícios do poker, pena que para mim é impossível!

O discurso do Cristiano durou uns 20 minutos e o restante da aula de duas horas foi destinada a perguntas dos alunos para mim e para o Igor e novamente voce via a vontade da galera brotar na nossa frente. Um grupo pequeno de pessoas que enxergam o poker com uma possibilidade de futura profissão surgia das fileiras da frente mas a grande massa de perguntas eram de pessoas que tem seus sonhos completamente distintos da carreira no poker mas querem de verdade utilizar do poker para melhoras suas habilidades nos caminhos que vão trilhar. Perguntas ligadas a percepção do poker para o mundo dos negócios, leituras de pessoas e como detectar padrões, estratégias globais que levam a vitória, entre outras flutuaram na sala de aula. Eu e o Igor fomos também navegando nas respostas, tentando responder objetivamente, sem deixar de nos estender nos pontos que achavámos importantes e também sem deixar de mostrar a nossa alegria a cada minutos de estar presente ali naquela situação.

Para a percepção da sociedade que o poker é um esporte mental, um jogo de habilidade e não uma prática de azar, existem várias formas de argumentação que servem para diferentes tipos de pessoas nesta mesma sociedade. Por exemplo, para muitos se você falar que um jogador é lucrativo todos os meses durante 8 anos seguido já é suficiente. Para outros se você mostrar que sempre os mesmos estão nas mesas finais e que or orgãos internacionais já o reconheceram como jogo de habilidade também já o suficiente e para uma grande parcela mais superficial, se as celebridades jogam é bom, se elas condenam e não jogam é ruim. Por todas estas fases nós já passamos nos últimos 5 anos, temos profissionais como Thiago Decano, Alexandre Gomes, Caio Pessagno, João Simão, João Bauer, Christian Kruel entre outros que mataram a primeira argumentação, o nosso presidente da CBTH Igor Federal foi fundo na causa e levou o poker a todas as discussões burocráticas, laudos, causas ganhas, políticos importantes abrindo eventos entre outros diversos fatos e diversos batalhadores das Federações espalhados pelo Brasil mataram uma outra parte da argumentação e o PokerStars contratou o homem mais famoso do Brasil para ser Team Sports Stars, o Ronaldo é a celebridade que representa a nossa causa seguido de uma infinidade de outras pessoas conhecidas que se atrelam ao jogo todos os dias em diversos eventos para matar uma argumentação mais subjetiva.

A UNICAMP vem para conversar com um grupo muito restrito de pessoas, os formadores de opinião. Eles estão espalhados pelo Brasil inteiro, pessoas que tem representatividade em seus nichos, em seus grupos e comunidades e que realmente precisam de argumentações mais sólidas para se convencer. Muitas vezes não querem e não precisam correr atrás das informações porque não é de interesse direto deles mas quando contestados precisam de um conjunto de argumentos mais parrudos, mais técnicos e confiam em instituições de peso maior para se convencer e apoiar ou pelo menos simpatizar com uma determinada causa, não somente resultados, celebridades ou batalhas de pessoas de interesse do próprio nicho. A UNICAMP fecha esta lacuna. O peso do nome da universidade ligado a uma causa que internacionalmente se une a Harward entre outras de peso máximo faz com que agora sim, nosso trabalho está com todas as frentes atuando em potência máxima.

Muito precisa se fazer ainda mas agora o objetivo é sonhar alto, voarmos para sermos o segundo esporte mais praticado do Brasil com legitimidade plena e gerando benefícios aos seus praticantes como lazer ou profissão. O poker ensina sim pessoas a negociar melhor, o poker ensina jovens a serem pró ativos, o poker ensina jovens a administrarem seus patrimônios, a lidar com a inflação nos torneios onde os blinds sobem e suas fichas não, se você não agir e investir corretamente, o poker ensina a entender o comportamento das pessoas, o poker tem muito a entregar a todas as pessoas que querem se divertir com ele, a aprender o máximo para usa-lo em outros segmentos e principalmente o poker socializa, gera interação, fortalece amizades, une e faz com que pessoas se conectem de forma saudável exercitando sua ferramenta mais importante, a mente!

Parabéns a todos os envolvidos no projeto da UNICAMP, parabéns ao Cristiano Torezzan, parabéns a todos os alunos por enxergarm o quanto o poker poderá lhes beneficiar no futuro e obrigado a todos pelo carinho com que fui recebido, as dezenas de fotos e perguntas que recebi nas maravilhosas três horas em que fiquei no campus de Limeira. Contem comigo para o aproveitamente pleno da disciplina, com certeza irei me preparar ao máximo para daqui algumas semanas executar minha primeira aula de poker avançado em estratégias vencedoras de torneios para vocês, podem confiar que vocês irão curtir demais!

E por fim parabens ao meu parceiro Igor Federal, hoje foi um grande dia e aquela conversa em direção ao carro que tivemos irá entrar para a nossa história. Foi um grande prazer dividir aquela bancada com o senhor.

Grande abraço a todos,

André Akkari

4 comentários sobre “Um dia especial para o poker brasileiro

  1. Que felicidade para todos nós amantes do esporte da mente! Bela postagem Akkari! Todo dia quando chego ao trabalho abro logo o blog para saber das notícias, você está de parabéns pelo blog e por todo esforço empregado para difundir nosso esporte! Boa aula “professor” Akkari, queria muito ter o prazer de ter uma aula dessas na minha faculdade, mas quem sabe em um futuro próximo? Parabéns!

  2. Pingback: 130 alunos compareceram à primeira aula da cadeira Fundamentos do Poker na Unicamp | PokerPT

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s