Como mágica!

E aí galera!

Pois é, como se fosse mágica, estamos na mesa final do maior evento da história do Latin American Poker Tour. Esta na verdade não é a grande mágica, e sim, o evento ser no Brasil, o evento ser a estréia do Ronaldo, o evento ser o maior torneio realizado no país onde a tanto tempo eu venho batalhando junto com um exército para que o poker seja reconhecido como um jogo sadio, um esporte da mente, isso tudo sim é mágico.

Uma dedicação surreal que tive nos últimos 4 meses para melhorar uma condição física que muitas vezes atrapalhava meu desempenho ao vivo por dores, incomodos no corpo, em tão pouco tempo tendo um avanço tão grande e já insta sendo recompensado, isto também é mágica.

A grande mágica na verdade é saber que seu eu pudesse escolher um evento no mundo para eu pegar a mesa final seria o LAPT Brasil, esta é a maior de todas as mágicas, lá estou eu!

Tenho certeza que ganhar este evento não é uma questão de merecimento, mesmo pq não acredito que eu mereça mais que os outros participantes desta mesa final mas se todo esforço e empenho justificam recompensas elas estão vindo na minha direção com força total.

A mesa final é composta de alguns grandes jogadores, e algumas pessoas fantásticas, entre elas destaco o Leo Brescia, primo do monstro Caio Pessagno que é um cara fabuloso, gente da melhor qualidade mesmo, criativo, honesto, de bem com a vida. O Vitor Sbrissa também é outro que há muito tempo batalha neste nosso esporte, jogador em constante evolução e uma figurassa, vindo de uma familia de caras especiais, seu pai e seu irmão são duas pessoas fabulosas que eu tenho um mega carinho. Os outros brasileiros infelizmente não conheço bastante mas já deu para ver que são apaixonados pelo esporte e pessoas super do bem também, o Thiago por exemplo perdeu um all in gigante na bolha da FT de AK para JJ e ficou em um estado que me chocou, seu olho encheu de lágrima e me lembrei do quão cruel este jogo pode ser para quem está começando ao mesmo tempo do quão apaixonante ele é, passei muito por estas situações. Uma vez na bolha do evento do Bellagio Cup que cai de AA para A9 do Mizrachi lembro que chorei, de verdade, então consigo me ver na pele desta galera.

O Pimba que também está na mesa final, mas também como se fosse mágica, ele é nada mais nada menos o cara que quando eu ganhei o bracelete ele correu no meio do salão na cerimônia de entrega do prêmio para levar a camisa do Brasil no palco, mágico ou não? Outro excelente jogador pelo que pude perceber em pouco tempo jogando junto.

Portanto, não tem como saber quem merece mais que quem, o que tem como saber é que ninguém quer este título mais que eu, e tenho certeza que ninguém estará mais focado e concentrado do que eu para este troféu.

Amanhã tudo se resolverá, espero que possamos fazer uma festa maravilhosa no hotel Tivoli e deixar este título onde ele merece ficar, no país que tem o melhor poker da América Latina, no país que mais faz o poker crescer no mundo, no exemplo de organização e desenvolvimento do esporte mental para todas as federações espalhadas por este mundão, no Brasil!

Conto com a torcida de vocês!!!

Beijo no coração e mais uma vez obrigado pelas milhares de mensagens no twitter, facebook, whatsapp, sms, etc, etc, etc!!!

André Akkari

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s