Mágica

Não consigo ficar mais sem compartilhar parte do que passei com vocês.

Eu nunca fui muito de querer incomodar Deus com pedidos, promessas ou coisas do tipo, sempre acreditei fielmente que ele existisse mas também sempre achei que a mesa dele sempre esteve lotada com problemas muito maiores do que os meus, fome na Africa, criminosos, guerras e coisas do tipo e de repente chegar na mesa dele um pedido “Oh Senhor, tem como me dar um bracelete!”seria algo que tenho certeza que ele iria encarar, diríamos, não da melhor forma. Sempre me preocupei ao máximo, todos os dias quando eu deito na cama em agradecer, apenas agradecer, isso muito antes do poker, mesmo quando estava todo ferrado financeiramente minha preocupação sempre foi agradecer, pela minha saúde, minha familia, meus domingos de samba, meu futebol com os amigos, tudo.

Eis que acho que em uns 20 segundos de folga do homem lá de cima, ele deve ter sido incomodado por um senhor de sessenta e poucos anos, recém chegado, que tinha uma lábia avassaladora fazendo um pedido generoso e o Todo Poderoso resolveu atender!

Foram tantos os pensamentos, reflexões nestes últimos 5 anos que não tem como explicar a sensação que estou passando nas últimas 48 horas. Quero compartilhar rapidamente com vocês algumas que dominaram a minha mente somente nestes últimos dias.

Para começar, não passa pela minha cabeça nenhum sentimento de que provei algo para alguém, isso nunca passou! Sei que muitas vezes fui contestado como apenas um grande jogador de poker online mas que no live eu deixava a desejar pela falta de um grande título. Se eu era bom nos dois, fracos nos dois ou bom em um dos dois, isso não muda nada com apenas um torneio. Os maiores nomes do esporte que já tive conhecimento foram todos eles vítimas de críticas, algumas por inveja, outras construtivas mesmo, mas nunca existiu e nunca existirá unanimidade, portanto este ponto não é relevante.

O grande prazer, a grande vitória para mim foi outra!

Sempre costumo medir a minha admiração por alguém pela capacidade que eles tem de fazer pessoas rirem, chorarem de felicidade, pela capacidade que apenas uma pessoa, com o seu empenho e dedicação, consegue mexer na vida de pessoas que nem sequer a conhecem, que nunca a viram pessoalmente. Casos como o meu grande ídolo Ronaldo, que com seu talento, sua habilidade, raça, empenho, chegou no dia da final de uma Copa do Mundo e a hora que chutou aquelas duas bolas para dentro da rede fez simplesmente 190 milhões de pessoas chorarem.

Não existe presente maior para um ser humano do que este, fazer o bem para os outros, mexer com a adrenalina das pessoas, fazer elas se emocionarem, vibrarem, chorarem de alegria, e nada, nenhuma crítica, nenhuma consideração ao esporte poker, nenhuma inveja, NUNCA, vai tirar este presente que recebi nestes dias!

Durante estes 4 últimos dias, eu tive um prazer sentado naquela cadeira que vou levar para o resto da minha vida, e contar a história milhares de vezes para as minhas filhas sobre a sensação de ver aquelas pessoas atrás do meu oponente atingirem um entusiasmo que eu só via em mim mesmo quando assistia as pessoas que eu idolatrava. Receber dezenas de milhares de mensagens por todos os canais dizendo que no Amazonas pessoas choraram, em Porto Alegre pessoas choraram, em SP, no Rio, Bh, e praticamente em todo o Brasil pessoas se emocionaram com o que Deus tinha me proporcionado ali naqueles momentos, este é o meu verdadeiro bracelete.

Na madrugada do dia 3 para o dia 4, quando já estavámos jogando o mano a mano, cheguei no apartamento aqui em Las Vegas sabendo que meu oponente tinha 9.4 milhões de fichas e eu apenas 3.4. Entrei e fui direto me trancar no banheiro, sentei na pia e comecei a rezar, não para ganhar e sim para agradecer, apenas agradecer, e de repente quando eu já estava no chuveiro com a cabeça a mil, pensando em tudo, me deu um sentimento que eu nunca tivera antes, não sei explicar direito, algo indescritível, comecei a gargalhar, rir, rir e rir, não conseguia parar e parecia que eu estava recebendo uma mensagem, nada de paranormal, não vi fantasma, espírito nem nada, mas algo aconteceu, e era uma risada de satisfação e que em um estalo eu fechei o olho e pensei “Caracaaaa, eu ganhei! Não tem como tirar de mim, eu ganhei mesmo!”, juro pelas minhas filhas, foi a coisa mais incrível que já me aconteceu. Quando sai do banheiro, com um samba enredo no último volume as 5 da manhã, tenho certeza que a Paula olhou para mim e viu que era meu, que não tinha como ninguém tirar de mim.

Sentando na cadeira da mesa final no dia seguinte, vendo aquela massa ensurdecedora, doida, doente, fanática por adrenalina que é o maior retrato do nosso Brasil, eu estava imaginando como iria ser, o que iria acontecer quando tudo acabasse, quem ia pular primeiro, quem ia gritar mais alto!

Quando recomeçou o jogo, eu sabia que tinha que dar o máximo, esforço total, depois de duas horas de jogo eu tinha dor no cérebro, parada esquisita demais, dor de tanto pensar, eu não queria perder nada, nenhum detalhe dos movimentos dele, tamanho da aposta, que mão pegava para apostar, como separava as fichas, quanto tempo demorava, tudo poderia ser um registro de padrão que eu iria usar contra ele em algum momento e eis que depois de 2 horas de novo aconteceu o que havia acontecido no box do banheiro.

Em um momento que o dealer foi trocar o baralho e acabou demorando um pouco mais para a próxima mão, me veio um arrepio, um frio na barriga, um gelado nos braços, parecia que tinha passado uma brisa gelada e refrescante no meu corpo e de novo me deu um ataque de riso, não de gargalhada porque consegui me controlar mas não podia parar de sorrir, e nem era uma das horas das piadas das torcidas! Eis que eu olhei para aquela galera enfurecida e comecei novamente a ve-los comemorando, minha esposa chorando, sempre imaginando como daqui a pouco eles estariam, incrível.

Eu olhava para o pai do Igor Federal, um senhor fantástico, pessoa do bem demais, e via nele uma cara aflita e tinha vontade de falar, “relaxa nego, já era, é nosso!” aí eu olhava para a minha esposa e via que ela acreditava mas estava tremendo de medo, dei uma piscada para ela e disse com os lábios “É nosso”, ela sorriu e disse, “Eu sei!”, e eis que o diretor do torneio anuncia os blinds 125 mil / 250 mil, e eu olhei para meu oponente e por muito pouco não falei, apenas pensei, “Deu amigo, agora acabou!”.

Depois deste momento mágico demoramos mais 15 minutos, e enfim a mágica aconteceria, tudo pelo que eu havia me preparado todos estes anos iria se realizar em mãos fabulosas, comemorações emocionantes, gritos e choros que me deixam arrepiados só de escrever aqui. Eu olhava para a cara do Caio Pimenta, o melhor jogador de poker do Brasil, e vi nele uma satisfação, uma alegria, um sentimento dos mais puros que um ser humano pode ter, com lágrimas nos olhos ele conversava comigo sem falar, uma coisa louca, incrível, algo que pensei não existir e parece que quando pisquei o olho eu já estava sendo carregado pela tropa de elite, pelo batalhão mais bravo dentro daquele Amazon Room, pelas pessoas mais apaixonadas pelos seus amigos e pelo seu país naquele local e o meu nervosismo se transformou apenas em choro, eu não conseguia parar de chorar.

Passei muito tempo da minha vida tenhdo vergonha de chorar mas não agora, ali eu estava tão orgulhoso de chorar que eu queria chorar mais, se eu naquele momento pudesse ter esbanjado mais um pedido para Deus seria apenas o de colocar as minhas filhas, mãe, irmão e amigos ali comigo e prorrogar o máximo que ele pudesse aquela sensação, meu pai não precisava vir, ele já estava ali.

Chorando aqui de novo eu só quero agradecer a vocês, li todas as mensagens, todos os twitters, tudo! Só quero agradecer por me deixarem pelo menos naqueles momentos ser um mensageiro de alegria, de levar coisas boas para vocês, de fazer vocês se emocionarem também.

Espero apenas que eu consiga, com estudo, técnica e empenho, um dia, trazer mais momentos destes para aproveitarmos juntos!

Obrigado a todos que estavam no Brasil e a aos 60 guerreiros do Amazon Room, prometo que na próxima mesa final de algum de vocês, que virá com certeza, eu serei o primeiro a pegar lugar e só sairei de lá carregando o nosso soldado!

Um beijo no coração de todos vocês,

André Akkari

3 comentários sobre “Mágica

  1. É incrível como você consegue transmitir toda a experiência e sensação do momento apenas com palavras, li todos os seus posts, entre todos esse com certeza é o melhor, o que define um cara guerreiro e patriota.

    Assisti o vídeo do HU e confesso que fiquei emocionado quando o hino nacional foi entoado.
    Parabéns pelas conquistas e pelos posts visando apenas melhorar o esporte no país.

    Estou correndo atrás da seleção do akkari team, espero fazer parte desse grande meio e quem sabe proporcionar uma alegria para nosso povo. É isso que eu quero pra mim, não importa fama, dinheiro e bla bla bla.

    Abraços

  2. Realmente é impressionante como você consegue descrever bem com palavras as situações adversas que ocorrem, acredito que vc deveria escrever livros e mais livros falando da tua carreira, mãos jogadas, dicas, macetes, etc! Comprei vários livros de poker, devo ter uns 10, mas nenhum me fez sentir o ambiente como seus posts fazem! parabéns pela escrita e sucesso total!!!

  3. Caraca, não sei nem o que dizer..

    Estou muito emocionado, estou muito arrepiado e chorando de ver como isso tudo foi maravilhoso.

    Você passa uma emoção incrível e fico muito feliz por você..
    Hoje estou realmente disposto a entrar de cabeça nesse mundo e espero um dia me tornar membro do Akkari Team, estou na luta e correndo atrás.. estudos e mais estudos pra que um dia quem saiba eu chegue lá..

    Parabéns e sucesso, você merece.

    Um forte abraço!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s