Bellagio Open até que enfim, Vitor Randim e Federal destruindo Vegas!

Correria gigante aqui em Vegas, o bicho está pegando.

Para comecar vou escrever um pouco sobre o torneio do Bellagio Open, série de torneios diários na época da WSOP que pagam fortunas e com um torneio Main Event dia 7 de U$10.000,00 de buy in.

Este torneio é o que encarei o The Grinder e tomei aquela paulada que escrevi no último artigo. No dia seguinte a a galera brasileira aqui no hotel resolveu fazer um satelite de 200 dolares para que dois de nos entrassemos no dia seguinte novamente na Bellagio Open de U$1.000,00. Os participantes do satelite foram eu, Omar Abede, Eric Mifune, Maria Eduarda, Leandro Brasa, Fabiao Deu Zebra, Fabio Cunha, Radio e Loducca. Combinamos que os dois que fossem representar o time brasileiro iriam repassar 35% para os que perderam o satelite caso ganhassem alguma coisa. No final eu e o Eric ganhamos a vaga e fomos para o Bellagio prontos para a briga.

Na primeira mesa já me colocaram sentado do lado direito do Vitor Randim, campeao do WPT e novo integrante do time do Poker Stars junto com o Moneymaker, Hachem e Hammer. Depois de assistir a mesa por uns 25 minutos resolvi entrar na briga, sempre em potes pequenos, principalmente dando call nos bets do Randim para tentar encara-lo depois do flop. Perdi uns 7 potes pequenos para ele e ganhei apenas uns 3 tambem pequenos, entretanto estes potes foram os que me fizeram ganhar uma imagem para ele bem loose e depois viria a me ajudar.

Em uma determinada mao e estou no UTG de AA, blinds 100/200 com ante de 25, eu solto um mini raise de 450 UTG, ele logo a minha esquerda pergunta quantas fichas me sobra e depois de pensar alguns segundo dá apenas Call no meu bet, o resto da mesa da Fold. O flop vem 23J rainbow, eu dou mesa, neste momento meu stack era de 6k, ele atira 1800, eu volto mais 2k nele e ele me coloca em ALL IN. Eu já um pouco traumatizado do The Grinder, pensei um pouco e paguei, ele tinha nojentos JQs, nao bateu mais nada e eu eliminei o jogador mais importante da minha carreira até o momento, estava fora do torneio Vitor Randim.

Depois disso joguei neste mesa um pouco mais tight, e o torneio foi se desenrolando sem muitos problemas. Quando restavam 18 jogadores e já estavamos ITM ganhei meu primeiro All in underdog de A9 encontrei AK e bateu meu 9, até entao foi a primeira mao que entrei por baixo, uma hora a sorte tinha que ajudar né.

Depois de 260 jogadores eliminados e mais de 13 horas de torneio entrei na mesa final líder do torneio, pagando a esmola de quase 100k para o primeiro lugar. Joguei apenas roubando blinds na mesa final até restarem 6 jogadores, com isso o pessoal pediu um acordo mas que foi recusado por um dos jogadores, e voltamos ao jogo, na volta minha primeira mao foi um AA sem action, e na terceira mao dobrei meu stack de KK, pronto, as duas unicas maos da mesa final que me garantiram o acordo depois da queda do jogador que nao queria acordo, fiquei na primeira colocacao fazendo a alegria geral de todos os integrantes da equipe brasileira dos 35%. O organizador do torneio ainda me colocou oficialmente em quinto lugar para que eu pudesse pagar uma taxa menor para estrangeiros o que facilitou um pouco a minha vida.

Definitivamente a zica saiu e consegui fazer mais uma viagem a Vegas bem lucrativa, ainda nao acabou, tenho a chance de fazer mais algum estrago até o dia 10 de agosto, quem sabe né.

Massss a melhor notícia do Brasil em Vegas não é minha não, é do meu amigo Igor Federal!

Ele simplesmente está destruindo na WSOP, jogando um poker de altíssima qualidade, bem pensado, cheio de estratégia e principalmente focado, concentrado para ir longe no maior torneio de poker que o mundo já viu.

No primeiro dia ele passou uns maus momentos no começo mas depois conseguiu acabar o dia bem de ficha. No segundo dia ele dominou mesa e deu uma disparada bonita para praticamente garantir a vaga nos premiados do dia 3.

Acabou agora o dia 3, ele não só está na grana, como está bem demais com 235 mil fichas. Fomos acompanhar a participacao dele no salao e foi realmente emocionante, principalmente quando estorou a bolha, algo que só quem está aqui pode explicar. Fiquei muito contente! Fora a felicidade de ver um amigo indo bem assim, e o que o que ele ainda pode ganhar de grana, acho que a melhor coisa é o resultado que isso pode ter para o poker brasileiro, se ele conseguir chegar lá na frente deste torneio acho que definitivamente o poker será muito melhor visto no nosso país, muito mais respeitado. Torço com todas as minhas forças, tanto é que amanha nao vou jogar nada so para ficar assistindo o homem.

Vamos todos rezar para que as coisas continuem andando bem para ele, e que ele esteja em um dia, apenas um dia iluminado para tomas as decisoes certas nas horas certas, sem cometer erros. A próxima mesa ele encara o costa riquenho Humberto Brenes que é osso duro de roer, mas o Federas vai jantar ele!!!!

Um grande abraco,

AAKKARI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s